Resenha: A primeira vez a gente nunca esquece - Patricia Barboza

Como foi... ... o seu primeiro amor? ... o seu primeiro beijo? ... o seu primeiro fora? ... a sua primeira briga? Inesquecível? Um grande mico? Ou ainda não aconteceu? A adolescência é a fase de nossas vidas que mais nos proporciona as tão sonhadas e, por que não,as mais temidas primeiras vezes. A primeira festa, o primeiro namorado, o primeiro acesso de ciúmes, o primeiro choro de saudades. Conflitos, descobertas, medos, angústias... Sentimentos comuns ligados à primeira vez. Mas tudo isso também pode ser bastante engraçado. Quantas vezes passamos por situações realmente complicadas e, depois de certo tempo, não morremos de rir com aquilo? Como tudo isso é inevitável, vamos deixar os medos de lado e encarar a vida de frente! O livro traz 14 histórias, com protagonistas masculinos e femininos, contando sobre as suas primeiras vezes. Alguns dos temas abordados: o primeiro amor, a primeira barba, o primeiro sutiã, a primeira decepção, o primeiro emprego e o primeiro regime.



O livro “A primeira vez a gente nunca esquece” é composto por 14 histórias que contam momentos importantes da nossa vida: a primeira vez. Seja qual for. Seja o primeiro beijo, o primeiro namorado, o primeiro tombo, o primeiro amigo.. enfim, esses momentos ficam guardados para sempre em nossa memória, por mais engraçado ou humilhante que tenha sido. Afinal, anos depois do ocorrido, a gente sempre lembra e dá boas risadas desses momentos constrangedores.
Simplesmente adorei o livro. É bastante divertido, leve e gostoso de ler. Fiquei tão entretida lendo que mal percebi que os contos estavam acabando. Também me identifiquei muito com alguns personagens o que me fez rir mais ainda, lembrando dos momentos semelhantes que vivi.
A autora incentiva a levar esses momentos como um divertimento, pois afinal, essa primeira vez pode iniciar um ciclo de acontecimentos ainda maiores.
Eu recomendo a todos lerem e se divertirem, lembrando você também de suas primeiras vezes.


9 comentários:

  1. Eu guardo vários momentos desses na cabeça, mas nunca os primeiros. Tenho uma dificuldade enorme de marcar coisas novas. Depois é mais fácil.

    ResponderExcluir
  2. eu nunca consigo esquecer essas coisas..
    seria uma adorável leitura realmente... o ruim q fico meio deprê ao lembrar dos anos q passaram.. passa rápido o tempo!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Realmente é uma fase de descobertas! Tempos bons e ruins também. Mas o que vale é aprender!!
    Gostei da postagem.

    ResponderExcluir
  4. Oii
    Nossa, concordo total com a Dani, afinal relembrar é sofrer, ainda mais quando se trata de idade.
    Mas adoro esses livrinhos, são fofos!

    Beijos
    ;)

    ResponderExcluir
  5. eu adoorei esse livro
    é muito boom
    aiai, os anos estao passando MUITO rapidooo
    adorei a resenha flor
    bjokas

    ResponderExcluir
  6. ei Thais, a capa é muito fofo. ^^
    Parece ser um livro bem legal e mesmo. Quero ler, huahauaha.
    beijos. =)

    ResponderExcluir
  7. Valeu pelos comentários galera e sim.. tem momentos que não queremos lembrar mas também tem vários que nos anima e nos faz seguir em frente :)

    ResponderExcluir
  8. ai acho um amooor esses livros assim que lembram esses momentos! esses tempos li um que era bem assim. amo!
    adoreii tua resenha, bem simples e deu pra passar a ideia do que tu achou. muito legal mesmo!
    beijoss

    ResponderExcluir
  9. Querida, obrigada pelo comentário carinhoso no blog da Duda :o) Um beijão, Fernanda França.

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)