Resenha: Férias - Marian Keyes


Rachel Walsh tem 27 anos e a grande mágoa de calçar 40. Ela namora Luke Costello, um homem que usa calças de couro justas. E é amiga - pode-se mesmo dizer muy amiga - de drogas. Até que a sua vida vai para a Cucuia e ela, na marra, para o Claustro - a versão irlandesa da Clínica Betty Ford. Ela fica uma fera. Afinal, não é magra o bastante para ser uma toxicômana, certo? Mas, olhando para o lado positivo da coisa, esses centros de reabilitação são cheios de banheiras de hidromassagem, academias e artistas semifissurados (ao menos ela assim ouviu dizer). De mais a mais, bem que já está mesmo na hora de tirar umas feriazinhas. Rachel encontra mais homens de meia-idade usando suéteres marrons e sessões de terapia em grupo do que poderia supor a sua vã filosofia.


O livro aborda a vida de Rachel, seu vício por todo e qualquer tipo de drogas e sua entrada na clínica de reabilitação chamada Claustro. O livro é bastante divertido, mas há certos momentos que a personagem se diverte além da conta. Seu jeito de se sentir superior a qualquer outra pessoa e caçoar daquele que ela não acha descolado. Claro que tudo isto é resolvido durante o livro e fica claro que Rachel tem, não só problemas com drogas, mas também com baixa auto-estima.
O começo do livro é bem legal, mas conforme vão se passando os capítulos, aquela vida medíocre da personagem me deu vontade de gritar com ela e dizer: Caramba, Rachel. Se liga! Você não consegue enxergar as coisas direito? Você é uma viciada em um centro de reabilitação. Então, por favor, não tenta agir como se não fosse uma viciada? É claro que todo esse período de egoísmo da personagem é necessário para depois, ela perceber aos poucos o mal que fizera às pessoas.
Fiquei um pouco decepcionada porque em certos momentos aquele negócio todo de drogas, festas, sexo e mais drogas chega a encher a paciência. E Rachel é tão viciada em tudo isso, que, não passa um momento sequer sem pensar nessas coisas. Para mim, essas foram as partes mais cansativas. Sei que se ela não fizesse tudo isso em excesso, bem, então ela não seria um viciada que quase morrera. Eu gostei do livro, porém, como disse antes, foi bastante cansativo passar por tanta coisa juntamente com a Rachel.
Agora, vou dizer por que em mais alguns quesitos eu prefiro “Melancia”. Primeiro porque Christopher me decepcionou e muito. Pense em um cara de olhos azuis todo fofo que te dá atenção. Pensou? Então, no final você descobre que ele é um cafajeste. Segundo porque Luke não é assim tão o meu tipo, tudo bem que é super divertido pensar em um cara te dizendo “Será que uma trepada está fora de cogitação”, mas eu ainda prefiro o carinhoso e jovem Adam de “Melancia”.
Enfim, como podem ver, não consegui falar sobre o livro sem deixar um monte de spoilers. Então, para aqueles que estão curiosos pra ler “Férias”, acho super legal vocês lerem para só então tirarem suas próprias conclusões. Agora, espero poder ler em breve mais um livro de Marian Keyes para ver se é justamente o assunto que, para mim, me decepcionou um pouco. Deixem seus comentários dizendo o que acharam e até mais!

21 comentários:

  1. Gostei da sua resenha, este livro está na minha lista, mas não é prioridade, além do que é super caro e eu odeio versão de bolso, então vai ter que esperar ..

    Beijos flor.

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente AMO esse livro!!!!
    Eu não me decepcionei nem um pouco, pelo contrário, achei um tema fortíssimo mas contado de forma muito legal, discontraída!!
    É bem diferente do primeiro livro, Melancia, totalmente. Esse segundo livro veio com um tema bem mais sério...
    Eu AMEI, simplesmente um dos livros que sempre recomendo da Marian!
    *-*
    Sempre tem que ter um cafajeste nas histórias! \o/

    xoxo

    ResponderExcluir
  3. Ontem estive com esse livro na mão lá no shopping Vitória para comprar, mas desanimei... dei umas folheadas por ele e não gostei muito da história, vejo que pela sua resenha tbm houve alguma decepção né?!... Então tive em sorte em não comprá-lo...

    HUGS =P!!!

    ResponderExcluir
  4. aaaaaa eu queria tanto ler,mas me desanimou,nao por causa da sua resenha,a historia eu nao sou muito chegada,achei ela meio a fora da minha vontade de ler.

    Adorei a resenha e sua sinceridade.
    beijoos

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nenhum livro da Marian Keyes mas tenho muita vontade,pois todos falam super bem :D

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua sinceridade e concordo com você.
    Pode ser que as pessoas digam que essa banalização geral com drogas e sexo seja a realidade, mas quando escolho algo para ler, o quero é fugir dessa realidade, oras! rs
    Já li alguns livros dessa autora e gosto do seu lado cômico. Esse ainda não li, mas não está (nem antes e muito menos agora) na minha lista de mais desejados.
    bjus

    ResponderExcluir
  7. Olá, Thays!!!

    Spoilers hein! hehehe ... Achei bastante interessante a história da Rachel. Só pela sinopse - já que eu ainda não li o livro - dá pra perceber que a escritora caprichou na caracterização da personagem e botou pra quebrar no "down", ou seja, deixou tudo tão real que você realmente sofreu junto com a personagem. Tenho certeza que os leitores também vão se envolver com a trama, assim como você!!

    Opinião de RECOMENDO é sempre bem vinda!!!

    =D Bjão!

    ResponderExcluir
  8. Não li nenhum dos livros da Marian ainda, espero que este ano eu consiga ler os livros dela!
    Adorei a sua resenha, me deixou ainda mais curiosa para conferir Férias!!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  9. Bem, nunca li nada da autora, confesso q nunca tive vontade mas minha prima tem a coleção e ela diz q gosta mto, entaum talvez eu pegue emprestado...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Thais, a Marian sempre aborda algum tipo de vício ou doença nos livros dela. Cheio de Charme também é assim. Mas sabe, eu acho isso muito válido.
    Estou com Férias aqui e preciso arrumar um tempinho pra ler.
    Adorei a sua resenha.

    Bjs
    Luka

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre tive um pouco de curiosidade em ler esse livro, mas o preço dele nao ajuda muito, é meio caro ):
    Gostei bastante da sua opinião, você a colocou de um bom modo. Espero um dia ler este livro e ver se a minha opinião é igual a sua.
    Gostei bastante da sua resenha.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pela resenha! Muito em breve pretendo ler Férias. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. disseram que melancia não é muito bom, não sei se vou ler os livros dela HSUAH mas esse pode ser legal :D vamos ver :SS

    ResponderExcluir
  14. Eu só li um livro da Marian Keys que foi o "Tem alguém aí?" e eu amei! Mas não pretendo continuar a lendo os livros dela não, porque eles são super caros, e as opiniões sobre eles nem sempre são as melhores. Acho que ela alonga demais o livro!
    Beijinhos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  15. Oieeeeeeeeee!!!

    Estou passando para agradecer o carinho e desejar uma ótima semana!



    ;)

    Beijos,

    ResponderExcluir
  16. Muitas pessoas já me recomendaram ler Marian Keyes, Melancia. Nunca me interessei muito por esse livro até ter ficado hipnotizado com sua capa. Comprei mas ainda demorarei muito a ler. Não gostei muito desse "Férias", uma vez que vício em droga não é levado a sério.

    Abs.
    (Comentá lá no Bobagens, você pode ganhar Prêmios)
    www.bobagenselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Nunca li nada da Marian Keyes, mas agora fiquei com um pé atrás.Vou tentar ler melancia depois, mas esse aí, não sei não viu.rsrs

    www.gabymenddes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. O que dizer deste livro, que eu ri muito.

    MAIS ESTOU AQUI PARA TE AGRADECER O APOIO NO MEU LIVRO, OBRIGADO AMIGA, LOGO, LOGO VAI LER BYE BYE.

    Agradeço novamente a força, muito bijos e abraços Ká guimaraes

    ResponderExcluir
  19. Eu sou doida pra ler esse livro,mas eu nunca posso comprar,é triste,né Thay?!

    Beijos,
    Débora M. ~
    Give Poison

    ResponderExcluir
  20. Oii Thais, sei lá a Marian me decepcionou bastante com Melancia, não sei por que, mas não gostei. As partes do Adam eram fofas, as melhores, e também as partes em que a Claire saía da depressão pelo James e dava atenção a filha eu achava muito legal. Mas no geral não gostei do livro e acho que não lerei mais Marian Keyes. Seguindoo.
    Beeijoo
    Jaine - Little Things
    (little-things-for-you.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  21. Selinho para ti no meu blog, querida.

    http://bellosromances.blogspot.com/2011/01/selinho-blogueiras-do-bem.html

    Bjooos

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)