Resenha: A Hospedeira - Stephenie Meyer

Sinopse: Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.


Eu tinha comprado este livro em Novembro de 2010, mas, por algum motivo que eu não sei dizer, o deixei largado sozinho em um canto da minha estante. Eu realmente não sei o porquê de não ter pegado para ler antes mas estou feliz por finalmente ter tido coragem para fazer isso. E querem saber, eu não me arrependi nem um pouco.
Desde sempre venho lendo e ouvindo muita coisa sobre este livro e eu fiquei muito curiosa sobre ele, afinal, eu li os outros livros da tia Steph e eu gosto bastante do jeito que ela escreve – apesar de eu não gostar nem um pouco do Edward e da Bella, mas enfim, ela criou o o Jacob né? Palmas pra titia Steph. Mas então, eu li a sinopse e fiquei lá, pensando e pensando como poderia ser este livro. No começo eu fiquei muito confusa – e todo mundo fica mesmo -, pois você não tem nem ideia do que está se passando. Mas com o virar das páginas você começa a entender.
A história começa quando peregrina – uma alma – é colocada dentro do corpo de Melanie, uma sobrevivente humana. Peregrina segue a vida dela mas Mel insiste em resistir à tomada do seu corpo e mente. Há muitos diálogos mentais entre as duas e isso é muito legal. Peregrina segue as instruções de Melanie e encontra um esconderijo cheio de humanos. Entre eles está Jared – o grande amor de Mel e posteriormente de Peregrina – e Jamie – o irmão de Mel. Com o passar do tempo Peg – como ela é chamada lá – leva sua vida ao lado de todos os outros humanos e se apega, cada vez mais, a um humano chamado Ian.
Deu muito dó da Peg em vários momentos como quando ela levava tapas e socos e também quando Jared ficava falando que amava a Mel e parecia que apenas estava usando a Peg. Agora, nem preciso falar que quem me conquistou mesmo foi o Ian né? Além de ter um nome lindo ele também é super sensível e lindo. Outros personagens que é impossível não gostar são o Jamie e o Jeb. Eu achei que a Steph construiu muito bem os personagens e em nenhum momento deixou a desejar mais.
Além dos personagens, a história é bastante coerente, fácil de ser entendida – após os primeiros capítulos – e também deixa uma mensagem muito legal. Diferentemente de Crepúsculo onde a Bella é uma chata, a Peg, por mais que tenha momentos que fica dando uma de “bom samaritano”, ela é muito mais legal. Eu simplesmente adorei A Hospedeira e espero que a Steph lance uma continuação logo. Segundo ela, se houver uma continuação seria chamada de The Soul e The Seeker.
Enfim, aposto que todos vocês já leram. Sendo assim, eu adoraria ver as suas opiniões, seus comentários a respeito deste livro. Então é isso. Até mais! 

22 comentários:

  1. Adorei a resenha Thay!! Não sou fã da autora de Crepúsculo, mas fiquei bastante curiosa para ler A Hospedeira. Parece ser mesmo bem interessante!!
    Vou colocá-lo na minha lista de desejados.
    Bjos.


    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  2. Oi Thais,
    Amoo esse livro, ele se tornou um dos melhores livros que já li, ja gostei muito de Twilight , mas acho que a autora, foi bem melhor nesse livro.

    Amoo o Ian, ele é tão perfeito*-*
    Espero que saia continuação deste serie.

    Você está sabendo que vai ter filme? Só não tem previsão ainda T__T

    Adorei sua resenha Thais, definiu muito bem o livro.

    Beijos
    Camila Soares
    World of Books

    ResponderExcluir
  3. Camila, fico feliz que tenha gostado da resenha e quanto ao filme, sim, eu sabia. Esqueci de mencionar sobre o filme na resenha. Estou acompanhando alguns sites e espero que saia logo o filme. Vai ser muito bom!! :i

    ResponderExcluir
  4. Naum tive muita paciência para este livro, larguei ainda no começo!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Eu já li esse livro e gostei bastante =) Apesar de não ser fã de Crepúsculo, adorei esse livro ^^

    ResponderExcluir
  6. Guria!

    Acredita que comprei faz vários meses e ainda não li. Tenho alguns livros com prioridades então ele ainda vai ficar pra depois, mas estou super curiosa, acho que vou gostar mais que a Saga Crepúsculo.

    Beijo beijo!
    @nine_stecanella
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Êi, vc esqueceu de mencionar o Ian e aqueles olhos azuis... *-* "O universo é azul"...
    Sabe, não é porque ele é o galã que é um dos meus personagens favoritos, é porque acima de tudo a autora sabe passar o quanto ele tem caráter e honra! palmas novamente para titia Steph! rsrsrs
    Não mencionarei o Jacob... ai ai...

    Bjos do Mix!

    ResponderExcluir
  8. Nice, é, eu esqueci de mencionar os lindos olhos azuis do Ian.. e claro, além de ser lindo, ele tem caráter e é muito bom.

    E o Jacob.. nem falo nada porque eu seria bem capaz de escrever um texto aqui :X

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li.
    AUSHAUSHUAHSUAHSUASH
    Sei lá... ainda não tive vontade de ler esse livro. Mas, quem sabe? =D

    ResponderExcluir
  10. Uma amiga me emprestou esse livro, peguei e larguei, não consegui passar das primeiras páginas, mesmo ela dizendo que depois ficava bom, achei chato, mas como todos dizem que depois o negócio fica bom, eu preciso continuar, até mesmo para devolver, espero não me arrepender como vc =)
    Ótima resenha Thais!
    bjuuus

    ResponderExcluir
  11. Eu ganhei esse livro essa semana de minha amiga e ela disse que não conseguia ler de jeito algum, que achou super ruim, eu ainda não peguei, mas parece que está recebendo críticas muito positivas em relação a ele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Estou com esse livro aqui a 4456456546654 anos, mas nunca peguei pra ler :(
    Gostei da sua resenha :)

    Guilherme
    Burn Book

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho que admitir que sempre que via esse livro ficava com o pé atrás, pois eu não gosto muito dos livros da saga crepúsculo, pois acho eles muito cansativos e parados, mas depois da sua resenha acho que com certeza em breve comprarei a Hospedeira :)

    Mil Beijinhos ;**
    Garota 'M'
    http://papoliterarioblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito desse livro.
    O começo é bem confuso, e as conversas mentais que elas tem são muito legais.
    Cadê personagem é perfeito do seu modo.
    Espero pelo filme.

    Ralf
    meus-erros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Este é um dos meus livros favoritos, o começo é mesmo um tanto confuso, mas depois fica perfeito!!
    Adorei a resenha!
    beijocas :d
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  16. Oi flor!! Eu também tenho esse livro e ele também está guardadinho. Infelizmente não sei quando poderei lê-lo porque minha listinha tá meio comprida e exatamente por achar que ele é meio, uh, estranho, sobre alienígenas e tal, não sei se estou no humor pra isso.
    Mas eu posso acabar mudando de idéia, assim como você! ;)
    Só lendo pra saber né? hehehehe!

    Beijos!
    xoxo

    ResponderExcluir
  17. Jeh, eu também ficava meio assim em relação ao livro mas depois que peguei para ler não consegui mais parar. É um assunto diferente e as vezes a gente vê de outro modo e fica com um pouco de receio mas no final, vale muito a pena!

    ResponderExcluir
  18. AHHH, Eu tô com ele no guarda roupa, mas ainda não li, são taaaantos livros pra ler que eu fico louca!
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  19. Eu também comprei esse livro ano passado, mas ainda não li também... Morro de vontade, to esperando ler uns livros antes, e assim que der leio esse. Acho que vou gostar muito, porque olha, só a sinopse já me encantou PDIUAPDFHASIF Adorei sua resenha, espero que eu também goste assim do livro, viu *-*

    ResponderExcluir
  20. Eu também comprei o livro e o deixei largado.
    esses dias para traz eu o peguei e comecei a lê-lo mais o abandonei pois sinceramente o livro não chamou minha atenção li varias resenhas inclusive ess e gostei muito do enrredo mais não consigo pega-lo de novo para ler tenho uma pouco de receio.
    Mais como eu disse anteriormente a resenha ficou incrivel. Parabéns

    Beijinhos

    http://pploraine.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. eu tenho que confesar que esse livro nao me chamou atenção.... eu comecei a ler mas o começo nao era bom ai eu nem consegui terminar de ler:/
    vou ver se começo ele de novo e termino dessa vez!!"

    ResponderExcluir
  22. Quando comecei a ler A Hospedeira, achei que iria me decepcionar, pois o começo era meio entediante. Mas acho que depois do quarto capítulo eu realmente me viciei. O livro tem uma escrita que chama a atenção. E aquele final com certeza pede uma continuação. E espero que Meyer faça isso logo! Rs.
    Ótima resenha!

    Bjoos

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)