Resenha: Cidade dos Ossos - Cassandra Clare

Sinopse: Quando Clary decide ir a Nova York para se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

Em primeiro lugar quero me desculpar, desde já, se essa resenha sair uma porcaria total. Mas eu achei o momento mais adequado para escrever afinal acabei de ler Cidade dos Ossos e estou tentando não voar em cima do livro pois acho que posso causar algum dano a ele. O que eu acho de Cidade dos ossos? Simplesmente o MELHOR livro que eu já li esse ano. Por mais que tenha momentos que te encha de raiva, é impossível não se envolver nesta história magnífica cheia de seres sobrenaturais e um mundo que os mundanos sequer pensam que pode existir.
O livro começa quando Clary presencia um assassinato e depois disso, sua vida muda completamente. Clary pode ver coisas que os outros – mundanos – não podem pois mesmo ela querendo ou não ela pertence a esse Mundo de Sombras. A mãe de Clary desaparece misteriosamente e Clary começa a descobrir mais sobre esse mundo que ela não conhecia através dos três adolescentes assassinos que na verdade são Caçadores das Sombras. Mas não é somente Clary que é envolvida por este mundo. Simon, seu melhor amigo também começa a descobrir coisas que para ele só era possível em jogos de RPG. Mas, não tem como falar de Cidade dos ossos e não falar de Jace Wayland.


- É nessa hora que você começa a rasgar tiras da própria blusa para fazer um curativo no meu machucado? – brincou Clary. Ela tinha horror a sangue, principalmente ao dela própria.
- Se você queria que eu arrancasse minhas roupas, bastava pedir.
(Capítulo 10 – Cidade dos Ossos - pág. 183)

Jace é o - sonho de consumo de toda garota.. - cara sarcástico e bad boy que acompanha Clary em várias aventuras como por exemplo quando voam em uma moto que pertencia a vampiros. E é impossível não virar fã, não somente dele, mas do par super fofo que ele forma com a Clary. Mas, o que me destruiu enquanto lia o livro foi no final quando algumas coisas são reveladas e o par romântico pelo qual você esperava parece desmoronar. Admito que nessa hora eu estava com vontade de jogar o livro pela janela ou arrancar folha por folha ou sei lá mais o que.. Era uma raiva insana e eu achei um crime a autora ter feito isso.. mas enfim, percebi que era para o bom andamento da série – mas ainda não estou totalmente conformada.
Além desses personagens também tem o Simon - que eu achei fofo mas que eu não quero, de jeito nenhum, que fique com a Clary – a Isabelle – que eu achei muito fofa -, Alec – irmão de Isabelle -, Luke, Hodge, Valentim – o vilão malvado –, entre muitos outros.

[...] Lembra-se de quando estávamos no hotel e você prometeu que, se sobrevivêssemos, você iria se vestir de enfermeira e me dar um banho de esponja?
- Na verdade, acho que você ouviu mal – disse Clary. – Foi Simon quem prometeu o banho.
Jace olhou involuntariamente para Simon, que lançou um largo sorriso em sua direção.
- Assim que eu melhorar, bonitão.
- Eu sabia que deveríamos tê-lo deixado continuar sendo um rato – disse Jace.
(Capítulo 16 – Anjos cadentes - pág. 285)


O livro é escrito em terceira pessoa e fala sério, as vezes é bom um livro com essa narrativa pois depois de tantas garotas chatinhas te infernizando é bom ler um livro que tem ação e aventura até o fim e sem todo aquele negócio de livro de menininha. Não resta dúvidas que o livro foi super bem escrito e que foge de tudo aquilo que eu estava acostumada a ler. E para aqueles que ainda não leram, aviso previamente que terá momentos de risos, de raiva, de choro, de desespero.. é um misto de sentimentos que te deixa louco – mas claro, sempre continuando a virar páginas e mais páginas.. Quanto ao final, bem, eu tinha formado uma ideia de algumas coisas que foram reveladas mas tenho que admitir que mesmo tendo uma ideia do que eu esperava, foi uma enorme surpresa.

- No futuro, Clarissa – ele disse -, seria uma boa ideia mencionar que você já tem um homem na sua cama, para evitar situações desse tipo.
- Você o convidou para a sua cama? – perguntou Simon, parecendo abalado.
- Ridículo, não é mesmo? – disse Jace – Nunca caberíamos os três.
- Eu não o convidei para a minha cama – irritou-se Clary. – Só estávamos nos beijando.
- Só nos beijando? – O tom de Jace zombava dela com uma falsa tristeza. – Como você desqualifica assim o nosso amor?
(Capítulo 17 – A flor da meia noite - pág. 305-306)


Acho que tinha uma grande expectativa para este livro e fico feliz em contar-lhes que ele me surpreendeu e foi muito além do que eu esperava. Para mim? Um dos meus favoritos entre os que eu li até agora, neste ano. Agora, vou pedir para vocês comentem dizendo o que acharam da resenha, se vocês já lerão e se sim, o que acharam ou mesmo se vocês querem ler e qual é a expectativa de vocês. Ficarei feliz com os comentários de vocês. Agora, deixa eu terminar logo para poder começar a minha leitura de City of Ashes que – pelo que eu pude ler em alguns sites – vai me causar bastante sofrimento mas que mesmo assim quero muito ler. Então é isso. Até mais!


14 comentários:

  1. Quero muito muito ler esse livro!
    Sua resenha me deixou ainda com mais vontade de ler!
    A capa dele é linda!

    bjus

    ResponderExcluir
  2. Legal, gostei da resenha!!!
    Vc sumiu lá do blog...pq???

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Amei este livro, agora é só esperar o segundo rsrsr Que esta chegando né, sua resenha esta perfeita menina.
    Li ele assim que lançou então tente imaginar meu desespero rsrsr

    Bjsss Thay

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais!!!
    Eu gostei bastante deste livro e estou ansiosa para ler Cidade de Cinzas.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Opiniões divididas, Thay. Afinal, é bom mas o romance é decepcionante? Cidade dos Ossos é o livro que ainda não vi uma resenha COMPLETAMENTE negativa. Adoro seu blog.

    Beijos - Matheus, Bobagens e Livros

    ResponderExcluir
  6. Matheus, o livro é incrivel, eu amei e a parte de o romance ter me feito ficar de boca aberta foi pelo simples motivo de que sempre algo tem que acontecer para a história continuar.. né? E sempre tem que ter suspense e tal. Isso faz parte do livro. De modo algum eu estou criticando o livro, pelo contrário eu amei. E desde que terminei de ler me dei conta de que sempre tem que ter algo que acontece pois se não fica tudo uma chatice né? De qualquer modo, é um acontecimento ruim (para aquele momento) mas que é positivo para a continuidade da série. Peço desculpa por deixá-lo confuso :)

    ResponderExcluir
  7. Eu simplesmente AMOOOOO esse livro!!!
    Mal posso esperar para o lançamento de Cidade das Cinzas *---*
    Jace é o melhor e mais apaixonante char EVER!!
    Adorei a resenha, flor. Beijooos!

    Abbs;
    http://entrelinhas.org

    ResponderExcluir
  8. Thais!
    nossa, amei sua resenha!!!
    Sabe eu sempre prefiro livros em 1ª pessoa mas 3ª é bom pq vc tem uma visão mais ampla...
    Ahh e que quotes mara!!!
    Fiquei com vontade de ler agora (mas nem dá) rs

    bjs
    Hey Evellyn!

    ResponderExcluir
  9. Ainda estou criando coragem para ler esse livro pela contradição entre resenhas a favor e contra a história... uns amam, outros odeiam e eu devo me encaixar nessa segunda opnião...

    Mas gostei da resenha...

    HUGS

    ResponderExcluir
  10. quero ler um dia esse livro *-*

    ResponderExcluir
  11. Cara, sinceramente, você totalmente definiu a minha opinião em relação a esse livro. Eu tenho uma tendência a repelir tudo que envolve criaturas sobrenaturais, porque acho que isso virou um lugar-comum absurdo na literatura estrangeira, mas a sua resenha foi TÃO bem escrita que agora eu não tenho a menor dúvida. A história pareceu a mais adequada possível; os personagens, muito bem conectados uns aos outros e à trama. Os quotes, muitíssimo bem selecionados, revelam momentos que não têm um humor bobo e forçado, mas uma coisa leve e agradável. Sério: eu estou participando de uma promoção para ganhar esse livro, e estava relativamente desanimado, garantindo poucas chances extras e pouco preocupado com o resultado do sorteio. Agora, eu PRECISO ler esse livro, haha.

    Parabéns pela resenha, Thais. Excelente.

    =*
    http://livrosletrasemetas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Thá
    Sua resenha está maravilhosa , os trechos que você colocou realmente são também os meus preferidos .CDO é um livro incrível que eu amei ler . E realmente , Jace é o cara que toda menina sonha em ter ! rs
    Beijão
    http://sonhosdemenyna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Outra série que amei!! Essa eu já li!!
    Toda em ebook, mas, lógico que vou colecionar os livros a medida que forem chegando aqui no Brasil!!
    Muitooo boa! E sua resenha está maravilhosa, viu??

    Beijos

    anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Thais suas resenhas ja fala tudo, quem leu o livro e leu aresenha sabe o que eu to falando...
    esse livro é simplismente tudo de bom, quem gostou desse... vai por mim vai simplismente amar o segundo e o terceiro, podem me enforcar se eu estiver mentindo!!"
    super recomendos essa serie !!
    obs - Jace comcerteza é meu sonho de consumo!!'

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)