Resenha: Questões do coração - Emily Giffin

Sinopse: Tessa Russo é mãe de duas crianças e esposa de um renomado cirurgião pediatra. Apesar dos avisos de sua mãe, Tessa recentemente abriu mão de sua carreira pra se focar na família e na busca da felicidade doméstica. Ela parece destinada a viver uma boa vida. Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de Charlie que tem apenas 6 anos e nunca conheceu o pai. Depois de muitas decepções, ela desistiu do amor - e até mesmo das amizades - acreditando que é sempre mais seguro não ter muitas expectativas. Embora as duas mulheres vivam no mesmo subúrbio de Boston, elas tem muito pouco em comum além do amor pelos filhos. Mas numa noite, um trágico acidente faz suas vidas se encontrarem de um jeito inesperado. Em uma história alternativa e com vários pontos de vista, Emily Giffin nos emociona com um livro luminoso em que boas pessoas são pegas em circustâncias insustentáveis. Cada um sendo testado de maneiras que nunca pensaram ser possível. E cada um deles descobrindo o que realmente importa.
Este livro realmente me surpreendeu. Eu não tinha grandes expectativas mas quando cheguei ao final da leitura percebi que esse livro me fez refletir bastante. Talvez porque o tema abordado não seja somente um, mas vários temas que se entrelaçam e faz o leitor pensar bastante. De fato, este livro é do tipo mais adulto mas foi impossível eu não me colocar no lugar dos personagens. E quando digo personagens, não falo somente nos principais mas em todos. A autora vai nos revelando características dos personagens e quando eles se veem diante de algum problema, a autora nos faz pensar o que faríamos naquela situação. Ao final da leitura não me restaram dúvidas de tinha coisas sobre mim mesma que eu desconhecia até então. Coisas como por exemplo como eu reagiria com uma traição, se eu seria capaz de perdoar algo assim, se eu sou capaz de perdoar as pessoas que me fizeram mal. No final das minhas reflexões, percebi que sou uma pessoa meio que rancorosa e não me sinto nada orgulhosa disto. Mas agora, vou contar para vocês o que eu achei do livro.
O livro alterna os capítulos entre o ponto de vista de duas perosnagens, Tessa e Valerie. Tessa tem uma família completa com marido e filhos enquanto Valeria é mãe solteira. No início eu não tomei lado de nenhuma personagem mas logo na metade do livro eu já tinha decidido um lado. Gostei de ambas as personagens e teve momentos em que odiei o marido da Tessa e tive vontade de estrangular ele e a Val e por mais que eu tenha me sentido mais familiarizada com a Tess, depois compreendi totalmente a situação da Val e fala sério, ser mãe solteira não deve ser fácil mesmo né? Mas essa não é uma justificativa para ter um caso com um cara casado. É, eu sou mesmo rancorosa mas mesmo com o final do livro não vi como eu poderia perdoar uma traição. Acho que depende da situação mas de qualquer modo, eu gostei do final. O livro foca no desenvolvimento dos personagens, na história de vida deles e nos seus valores que foram mudados ao decorrer do livro. A autora expõe os sentimentos das personagens de modo natural e acho que isso foi o bacana da estória. Os personagens são reais, com direito a errar, com sentimentos dos mais variados e com atitudes das mais inesperadas. Ao final da leitura, não temos um final feliz mas um encaminhamento para uma possível mudança de vida.
Foi uma leitura espetacular e que acredito ter ajudado para novas descobertas sobre mim mesma. E, embora seja um livro mais adulto, acho que vocês devem ler. A autora nos traz várias mensagens de vida e nos incita a descobrir mais sobre nós mesmos. Com cetreza, é super recomendado.

28 comentários:

  1. adorei a resenha, vou ver se procuro pra comprar assim que der.

    ResponderExcluir
  2. Oi Thay!

    Nossa, esse livro tbm me surpreendeu e me deixou furiosa hahaha
    fiquei com muita raiva do Nick e da Valeria, mas é realmente isso que acontece na real. Bem, nem sempre rs
    Adorei sua resenha, A Emily Giffin é maravilhosa!


    Beijos
    Thata e os Livros ~

    ResponderExcluir
  3. Eu fujo de temas mais realistas, eu sempre quero algo que não tenha haver com nada atual ou que viva acontecendo, mas é a Emilly e eu adoro os livros dela, estou louca para ler esse.

    http://isa-bella.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Thais :D

    Eu vi esse çivro lá no catálogo da Novo Conceito e fiquei olhandinho pra ele por um tempão hahaha
    Acho que temas mais adultos, ou um livro mais maduro é bom de vez em quando pra, como você mesma diz, a gente refletir um pouco e não ficar só no mundo de fantasias. Por mais que eu não seja muito fã de literatura assim, depois de ler alguns livros do gêneros eu já estou me acostumando e gostei muito da sua resenha :D

    beijoooo!

    http://julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Thay!

    Li ótimos comentários sobre esse livro até agora, e a sua resenha não foi diferente.. xD
    Gostei muito! Mas, ainda não li o livro para tirar minhas impressões dele.

    Tem um meme para você lá no blog!

    Beijos
    Ann .:. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie. Comprei este livro mas ainda não li. Tenho mais um na frente, depois leio ele. Acho a capa lindaaa, e a história (pelas resenhas que li) interessante.

    ResponderExcluir
  7. Pretendo ler. Livros da novo conceito tem uma cara to boa.

    http://booksebooks.blogspot
    bEIJOS

    ResponderExcluir
  8. Parece um livro surpreendente hein? Mas vai ficar para uma próxima, tenho tanto livro na lista pra ler, e com as aulas na faculdade voltando na semana que vem só vai atrasar mais minha leitura.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eu tô com o livro aqui, mas não sei quando vou pegar para lê-lo *--* Eu gostei da resenha, foi uma opinião boa, mas diferente do que a maioria deu.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  10. A Emily é DIVA!
    eu amos os livros dela e não vejo a hora de ler esse livro!
    Me emocionei com sua review Thay! *_______* A emily emociona mesmo!

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Thay! Você falou tudo =D
    Eu amei esse livro! Eu estava tão envolvida com ele, que ficava brigando com os personagens o tempo todo kkk
    Você também tomou partido da Tessa, é?? ^^ Como eu odiei o Nick e a Valerie! Detesto traição, e não perdôo de forma alguma. Acho que isso não é um "erro", pois a pessoa está ciente que está traindo, que vai magoar outra pessoa, mas mesmo assim fazem, né? E a frase que eu sempre falo para quem pretende trair: "Você vai estragar toda sua vida, por uma noite?"
    Fiquei muito invocada com o final do livro, mas já vi tantos e tantos casos iguais á esse...
    Ah, e eu sou rancorosa, mesmo kkk traição é meu ponto fraco =P
    Mas fiquei com vontade de ler "O noivo da minha melhor amiga", por causa do irmão da Tessa =3 super fofo!!!
    Amei a resenha!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Oi Thais!
    Eu também li esse livro sem saber direito do que se tratava e me surpreendi bastante. Gostei bastante da história!
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Adorei a tua resenha, e adoro livros assim, mais adultos *-* já vai pra minha estante no skoob *-*

    Bjjjs

    ResponderExcluir
  14. Fiquei muito interessada neste livro após ler sua resenha, como você, o livro também não tinha chamado muito minha atenção, mas agora, tudo mudou.

    Mil bjoks.

    http://baby-buch.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Perdoar uma traição deve ser muito difícil mesmo, mas nunca se sabe se a pessoa quer ser perdoada verdadeiramente. Sua resenha foi ótima, tenho muita vontade em ler este livro, pois Ame o que é Seu da Emily foi ótimo.


    Lipe Ralf
    meus-erros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oie Thayy =)
    Então, que bom que eu li esse livro semana passada e pude ler sua resenha com outros olhos, sabendo exatamente do que se trata o livro.
    Vou concordar com você que eu não tinha grandes expectativas em relação a ele, mas que no decorrer da leitura eu fui me surpreendendo com a maneira que a escritora expôs duas famílias diferentes de uma maneira tão natural, tão real, como você mesma disse com erros e acertos, e pude me colocar ou pelo menos imaginar como eu reagiria em cada situação, e pude ver que não seria exatamente da maneira que aconteceu na estória.
    Mas enfim, gostei do livro, embora no início tenha ficado meio perdida em relação aos comentários que eu lia que esse livro seria uma "continuação" de O Noivo da Minha Melhor Amiga, mas depois percebi do que se tratava, mesmo não tendo lido o livro e assistido o filme deu pra entender algumas coisas. hehe
    Gostei da sua resenha, está super completa!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  17. Oi Thay
    Eu gostei bastante desse livro! Fiquei com raiva do Nick e da Valerie, e com pena da Tessa!
    Foi o primeiro livro da Emily que li e a narrativa me surpreendeu, assim como o tema :)
    Adorei a resenha!
    Obrigada pela visita e pelo comentário!
    Tem post novo no blog: Filmes e séries #1
    Participe das promoções do blog -> http://migre.me/5e4eo
    Passa lá :)
    Beijos, Nath
    @brgnat
    Books In Wonderland - http://www.booksinwonderland.com

    ResponderExcluir
  18. Thays, eu comprei esse livro esses dias e tomei um susto com o tamanho dele. Não imaginei que fosse tão grosso!

    Mas Emily é Emily né! Ela é ótima; já li "O Noivo da Minha Melhor Amiga" e ADOREI!! Tenho uma amiga que diz que "Ame o que é seu" tbm é ótimo! Então, estou com Emily Giffin na cabeça!

    Sobre a reflexão, acho que esses são os melhores livros. Aquele que nos faz refletir, e acrescenta algo real à nossa vida, que nos transforma de alguma forma. Não foi à toa que adorei os livros da Jennifer Echols (e por falar nela, depois vc lê essa resenha aqui do novo lançamento dela tá, eu vi ontem e lembrei de vc: http://bit.ly/pBCFfJ).

    E o fato de vc não ter descoberto coisas sobre vc que não se orgulha, acho que não tem problema porque sempre há tempo para mudar. Nunca é tarde demais!! E um amigo me ensinou que o auto-conhecimento é muito importante!

    Uma pergunta: se o livro foi tão bom pq não seu 5 ok pra ele??

    XOXO, da Lisse

    ResponderExcluir
  19. Também acho difícil perdoar uma traição. Este livro é um que está na minha lista. Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  20. um livro mt lindo. eu adorei.. as duas histórias interligadas. me emocionou mt.. suas palabras disseram td... o amor eh complexo mesmo

    ResponderExcluir
  21. Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha, e sinceramente não sei o que esperar desse livro! Tenho medo de ler esse tipo de livro e não gostar! :S Sei lá, talvez seja pq eu me joguei totalmente em estórias sobrenaturais e não abri espaço para estórias assim, onde todo mundo é humano e erra! Espero poder ler ele em algum momento pra ver se gosto ou não!

    :*

    ResponderExcluir
  22. Quero muito ler Questões do coração, parece que eu vou gostar bastante. Ótima resenha, parabéns!!
    ;*

    ResponderExcluir
  23. Adorei a resenha, adoro livros que me fazem pensar o que eu faria. Bjos!!

    ResponderExcluir
  24. Quero ler, quero ler! Adoro livros assim!

    ResponderExcluir
  25. "Questões do Coração" me parece ser daqueles livros com lição pra toda a vida.Ainda não conheço nenhuma obra da Emily,mas sua resenha me fez lembrar dos livros do Sparks.

    ResponderExcluir
  26. Vc vai me achar doida, mas quando vi a capa desse livro pela primeira vez eu pensei: vou ler! isso já me aconteceu outras vezes. Mas faço isso as escuras, não leio sinopse nem resenha hehehe.

    ResponderExcluir
  27. Os comentários sao bem positivos, apesar de eu nao gostar muito de livros de reflexao este parece bom.

    Aline Gassenferth

    ResponderExcluir
  28. pela sua resenha deve ser otimo! é de livros assim q precisamos! q falem de valores perdidos..q traga a esperança q um dia se teve... parabéns! ;D

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)