Resenha: O céu está em todo lugar - Jandy Nelson

Sinopse: Este é um livro de estreia vibrante, profundamente romântico e imperdível. Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida - e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda...
O céu está em todo lugar é um livro incrível que nos mostra a vida de Lennie após a morte de sua irmã e como ela lida com essa situação. Um livro tocante, leve e especial que nos leva para uma incrível viagem no mundo dessa protagonista enlutada.
Lennie perdera Bailey, sua irmã mais velha e, com ela, perdera também toda sua felicidade. Sem dúvidas essa é uma das protagonistas mais tristes que já vi em livros e eu acabei compartilhando da dor de perda dela. Quando volta para a escola ela sente que ninguém lá a entende, nem sua amiga nem mesmo sua avó e seu tio. Mas, Toby parece entende-la porque também perdera Bailey, que era namorada dele. Ela começa a se envolver com Toby como nunca tinha feito antes e juntos, ela parece se sentir melhor mesmo não achando certo. Mas tem um aluno novo na escola que parece ser exatamente o contrário de Lennie. Joe é aquela pessoa feliz que não tira o sorriso do rosto e, para surpresa de Lennie, ele se interessa por ela.
Essa capa é tão simples
mas tão linda!
O livro é cheio de reviravoltas e cada personagem tem sua particularidade. Joe, embora seja sempre feliz, tem alguns defeitos como por exemplo a sua dificuldade em perdoar. Lennie passa grande parte do livro falando sobre Bailey e sofrendo pela irmã e, por mais que pareça ser chato e estressante, para quem leu não é. O leitor sofre junto com a protagonista e acho que isso foi a pegada da autora: fazer com que leitor e personagem compartilhassem o sentimento de perda. Além deles, também tem o Toby que também está sofrendo e que tem a irritante de mania de se machucar andando de skate. Também tem a Vovó e as suas mulheres verdes e o Tio Big com suas árvores e insetos. Sabe, por mais que o livro pareça ser chato e deprimente não é pois mostra a importância da amizade, da família e nos mostra aspectos da realidade de muitas pessoas que perderam familiares – tipo eu. Além da perda de Bailey, também fala um pouco sobre a perda da mãe das meninas. Então o livro não fica só naquilo de “Bailey pra cá, Bailey pra lá”, também mostra o sentimento de todos os personagens e como eles lidam com isso. Mas o que eu achei muito incrível mesmo foi o negócio dos bilhetes. Lennie deixa bilhetes desde em copos plásticos até em papéis de balas e troncos de árvore e, assim como eu pensava, isso tudo tem um papel bem importante no final.
A autora deixou muitas vezes algumas idéias no ar para o leitor pensar e compreender e acho isso tão, mas tão legal, e deve ser porque tem momentos em que as palavras não são o ideal para mostrar uma situação mas deixar com que a ideia fique solta para o leitor compreender é muito estimulante. O maior exemplo disso é o epílogo que tem uma única folha. Na hora em que vocês estiverem lendo vocês vão ver como é muito melhor do que ter páginas e mais páginas explicando detalhe por detalhe como eles viveram felizes para sempre – ou não. Então, é, acho que isso foi o que mais gostei no livro: o epílogo. *-*
Depois dessa resenha imensa só posso dizer mais uma coisa: Leiam este livro! Leiam, leiam e leiam porque tenho certeza que não vão se arrepender. Os personagens são perfeitos, a estória é muito bem contada e acho que também nos faz refletir bastante sobre o que significa a vida e o amor.

21 comentários:

  1. Oi Thais!!
    Esse livro parece ter uma história bonita... Quero ler mas acho que vou chorar :P
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Nossaaa.... o meu kit chegou antes do seu e ainda não li! hahha
    Será minha próxima leitura, com certeza!!!
    O pior é que to LOUCA p/ ler e, fico me martirizando, lendo todas as resenhas sobre ele possíveis!!! hahhaha

    Amei a resenha, querida!!!

    beijoss

    ResponderExcluir
  3. Oi Thais!

    Quero muito ler esse livro e ele não parece ter a pretensão de ser um romance para chorar ou se apaixonar pelos personagens. É mais algo para você aprender com aquilo que está sendo ensinado, mesmo que assim você chora e se apaixone pelos personagens. Capa linda! Quero receber o kit!

    - Matheus, Bobagens e Livros

    ResponderExcluir
  4. Quero ler ele mesmo :3 Sua resenha ficou ótima!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi Thais, acredita que não gostei tanto do livro? Eu achei ele legal, e só.
    Sua resenha mostra outra coisa, pensando bem, vou até reler o livro antes de fazer a resenha.

    Lipe Ralf
    meus-erros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha. Adoro a capa do livro nacional, inclusive ao vivo. Acho linda, super bem cuidada. Inclusive também o cuidado interno, ne?
    Você escreve muito bem, Thay! Adorei mesmo =)

    ResponderExcluir
  7. Cada resenha que leio me sinto mais impulsionada a ler esse livro! Já tive a oportunidade de pegá-lo em mãos e a arte gráfica dele é maravilhosa, algo que nunca vi em livro nenhum antes!
    A história é triste, disso eu já tenho mais do que certeza, mas gosto quando ela toca o leitor e provoca reflexões. Acho que "O Céu Está em Todo Lugar", "Antes que eu Vá" e "Cante Para eu Dormir" formam o meu trio triste de leitura que, ainda, não tive oportunidade de pegar em mãos e ler. Mas espero fazer em breve.
    Gostei muito da resenha e me deixou super desesperada para ler! hahaha

    xx

    Only The Strong Survive

    ResponderExcluir
  8. Awwwwww, agora eu tô mais curiosa AINDA pra ler ;_; Tomara que o meu chegue logo *cruza os dedos*

    Eu também concordo, acho que às vezes quanto menos palavras a gente usa, melhor. E eu também perdi familiares, então acho que isso vai me pegar no livro ;_;

    parabéns pela resenha, Thay, aguçou todo mundo ><" hahahaha

    Beijooo!

    Ju
    http://julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  9. Aiin, li as primeiras páginas desse livro e fiquei com medo de não ser o momento de lê-lo.
    Mas acho que depois de tudo o que você falou, acho que eu preciso voltar a lê-lo hoje mesmo.
    Adorei!

    beeeijos,
    Jéssica

    ResponderExcluir
  10. Que resenha linda *-*
    Quero muito ler e tenho certeza que vou chorar, rs.

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  11. Achei tudo lindo neste livro,a capa,a sinopse...
    Vi alguns quotes e amei.
    Quero muito ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. jah tinha visto a capa do livro pela internet mas não fazia a menor ideia do q se tratava, adorei a resenha! deu pra sentir um pouquinho oq vc sentiu lendo o livro, parece ser uma otima história!^^

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  13. Ain, to loooouca pra ler esse livro <3 Amei sua resenha, muito boa. Tomara que eu goste do livro também. A capa é maravilhosa, eu gosto tanto. A Novo Conceito caprichou.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  14. O livro realmente é perfeito e concordo sobre o epílogo e a frase atrás *---* Tão lindo. Resumiu perfeitamente.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  15. Hahahaha vc nem precisava dizer. Mais do que nunca preciso ler logo o livro. Ele já está aqui, falta só chegar a vez na fila =D

    E acho a "nossa" capa muito mais bonita!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  16. Quero demais ler esse livro. A história parece ser linda demais e a diagramação da belíssima :D
    Ótima resenha!

    beijos!

    Dyana
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir
  17. Esse livro já chamou atenção pela capa que é muito fofa! A história parece ser triste, mas ao mesmo tempo muito bonita. Obrigada pela resenha *-* beeijos.

    ResponderExcluir
  18. Eu vi esse livro na livraria /ah vá./ e me apaixonei por ele! *___* Eu já tinha visto outra resenha e só falava coisas boas, agora com a sua... Ainda bem que ganhei o livro de presente; só to esperando chegar. :DD
    Não é nada não, mas a novo conceito ARRASOU nessa capa, é maus bonita que a original.
    ÓTIMA resenha, thay! *---*

    ResponderExcluir
  19. Estou louca por este livro, acho estacapa linda. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Não entendi o epílogo, Joe e Len ficam juntos ou não? Não intendi porque ele escreveu imbecil no poema.... me ajude!

    ResponderExcluir
  21. Coisinha, quando Len diz que quer ficar com ele para sempre, não significa que será um futuro feliz e sem brigas. A autora retrata a realidade naquele epílogo. Mostra que haverá sim briguinhas de casais - pode ser o motivo de Len ter picado o papel? Sim! - mas ela também mostra que é passageiro e que eles voltam um para o outro. O imbecil pode ser um recado para Joe escrito por ele mesmo ou pela Len. Não sei. Mas provavelmente é um alerta, para não cometer nunca mais o mesmo erro ou algo assim.
    O livro todo é muito subjetivo. Mas é isto que faz dele especial.

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)