Resenha: Promessa de Sangue - Richelle Mead

Contém spoilers na sinopse e na resenha!
Sinopse: A vida da guardiã Rose Hathaway nunca será a mesma. O recente ataque a Academia St. Vladimir devastou todo o mundo Moroi. Muitos estão mortos. E, pelas poucas vitimas carregadas pelos Strigoi, o destino deles é ainda pior. Uma rara tatuagem agora adorna o pescoço de Rose, uma marca que diz que ela matou Strigoi demais para contar.Mas apenas uma vitima importa… Dimitri Belikov. Rose agora deve escolher, um de dois caminhos bem diferentes: princesa – ou, abandonar a academia para sair sozinha em uma caça para matar o homem que ela ama. Ela terá de ir ao fim do mundo para encontrar Dimitri e manter a promessa que ele implorou para ela fazer. Mas a pergunta é, quando a hora chegar, ele irá querer ser salvo? Agora, com tudo em jogo – e mundos de distancia da St. Vladimir e sua desprotegida e vulnerável, e recentemente rebelde, melhor amiga – Rose pode encontrar forças para destruir Dimitri? Ou, ela vai se sacrificar para ter uma chance em um amor eterno?
Imaginei de tudo. Sério mesmo. Imaginei tudo o que poderia acontecer em Promessa de sangue, imaginei meu estado durante a leitura, imaginei que iria chorar baldes de lágrimas. Mas não foi nada comparado quando realmente comecei a ler e a viajar com a Rose nessa sua jornada para encontrar Dimitri e matá-lo. Acho que não vale a pena ficar contando tudo o que acontece porque assim teria muito spoiler nessa resenha então vou comentar alguma ou outra passagem, os personagens – como sempre – e o quanto esse livro me afetou.
Promessa de Sangue começa com Rose em sua jornada pela Rússia e, embora ela tenha se desligado da escola, ela continua usando sua ligação com Lissa para acompanhar o estado da amiga. E por falar em Lissa, pelo amor de Deus, essa menina me fez morrer de raiva nesse livro. Cada coisa que ela fala sobre a Rose, a sua mudança repentina, a chegada de Avery - da qual desconfiei desde o início. Tudo isso faz a Lissa ficar ainda mais chata e intolerável. E não querendo soltar spoiler mas gente, o que foi aquilo que ela fez com o Christian? Totalmente imperdoável. Christian merece coisa melhor, com certeza. Ele é fofo demais para a Lissa. Mas voltando ao assunto principal.. Rose está na Rússia atrás de Dimitri para matá-lo e é então que tanto coisas boas quanto ruins acontecem. É tanta, mas tanta coisa que acontece. Algumas são tão legais, outras tão ruins e algumas nem tem como classificar, é só choque mesmo.
Acho que vale a pena citar a família do Dimitri e a Sydney. Como a Rose está nessa jornada para matar Dimitri já que ele se tornou Strigoi, ela acaba encontrando Sydney que vem encobrindo os Strigoi que Rose mata pelo caminho. Sydney é uma alquimista e não é lá uma personagem legal, ela também nem fica tanto tempo com Rose mas achei legal ter descoberto coisas novas e isso é o que ela é, uma personagem nova na trama. Mas o bom mesmo é a família do Dimka. A mãe, as três irmãs, a avó doidona – que eu adorei haha – o Paul e a bebezinha. Todos foram muito legais e a maioria é tão agradáveis com a Rose que eu amei na hora. Só não gostei muito do jeito que a Rose acaba brigada com a Viktoria mas enfim, nada é perfeito né? E a avó, eu não sei porque mas adorei ela. Tudo o que ela faz com a Rose é tão legal. Mas também aparecem outros personagens novos quando Rose está em Baia. Abe a levou até lá e é um homem mistério – se bem que eu meio que já sabia quem ele era então nem teve tanta graça no final. Mark e Oksana que são um casal muito fofo e também eram bem legais com Rose e ajudou a resolver alguns mistérios ao mesmo tempo que colocaram outros no ar.
Resumindo, a maioria dos personagens novos são legais – menos Avery – e possuem papel importante na trama que se desenrola em Promessa de Sangue. Mas aí vocês já devem estar me perguntando: Falou de todo mundo mas e o Dimitri? Bom, o Dimitri só aparece de verdade lá pela metade do livro e tudo que acontece na primeira vez em que Rose o encontra merece um verdadeiro OMG. O Dimitri Strigoi correspondeu exatamente ao que eu estava pensando e isso é de um jeito totalmente bom. Eu não tinha ideia do que ia acontecer e a cada capítulo com a Rose lá perto dele era um sufoco. Uma hora Rose estava querendo bater em tudo e tentando sair de lá, em outra ela era toda amor com o Dimka.. Então, sim, é uma verdadeira montanha russa de emoções. Mas depois de toda essa lenga-lenga fica ainda melhor. O momento em que é só Dimitri e Rose, ele atrás dela, é a melhor passagem de todas. Ver o sufoco de Rose, e todo aquele misto de sentimentos que sente pelo Dimitri.. com certeza é um livro muito bom e bem melhor que o anterior. O final foi de arrasar. Fiquei de boca aberta e só faltou eu bater palmas para a dona Richelle porque ela merece. Tudo bem que eu já sabia que tem mais dois livros e sem o Dimitri neles não teria graça né, mas o jeito que deixou no ar a mensagem que ele ainda estava vivo.. foi incrível. Genial!
Mas além disso no final também tem outras coisas que acontecem e que são tão legais quanto essa que acabei de citar. Afinal, como eu poderia fazer uma resenha sem sequer citar o nome do Adrian? Seria um pecado eu fazer isso. O Adrian estava tão fofo, tão lindo, tão tudo neste livro que dá vontade de arrancar ele das folhas. Enquanto o Dimitri está todo do mal, surge esse lado fofo e sensível do Adrian e não tem como não se derreter. Só acho que a Rose deveria esclarecer um pouco mais sobre os acontecimentos da Russia, pelo menos com o Adrian e a mãe dela até porque esse negócio de guardar segredo é uma enrascada. Na hora da correria tem que sair a explicação e aí já é tarde demais.
Enfim, eu realmente gostei deste livro. Ele tem de tudo, o que eu achei super interessante. A dona Richelle soube dosar a ação, o romance, os mistérios. Nada demais e nada de menos e acho que isso é o que importa. Sem mais delongas, foi PERFEITO. E se você não leu, corra e leia porque vale muita pena ler.


E agora duas quotes super lindas do lindo do Adrian porque ele ganhou um troféu de cara mais fofo neste livro. Ele merece.

- Nesse caso... está tentando reviver seus dias de glória. Desde então, tudo tem ido ladeira abaixo, hã?
- Sem essa – negou Adrian. – Sou como um bom vinho. Fico melhor com a idade. O melhor ainda está por vir.
- Você não entenderia nada que não tivesse a ver com bebida, cigarro ou mulheres.
Adrian meneou a cabeça.
- Você é a única que eu quero, Rose.
...
Gente, como dá nota infinita?

16 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Thais! Muito em breve pretendo ler Academia de Vampiros. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom este livro, para mim o segundo melhor srrs Pois o ultimo é de arrebentar srrs Sou fã do Dimka, não tem mocinho que faça eu me apaixonar. O Dimka foi amor a primeira leitura. rsrs Li os primeiros livros antes da serie ser lançada aqui, e depois reli todos, e pretendo ler novamente todos srs Tá eu sou uma mocinha viciada em VA, o que posso fazer \o/

    Ótima resenha Tay, só não olha muito para o Dimka, fico com ciumes. Me diga ele mau é legal né kkkk Adorei srrs

    PS: O Adrian, até que me convenceu a gostar dele neste livro kkkkk

    Bjkss
    Ká Guimaraes
    www.acordeicomvontadedeler.com

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu também desconfiei da Avery desde o princípio. E, pela primeira vez (tá, segunda vez, me esqueci de contar as cenas finais do ''Tocada'') eu fiquei com MUITA raiva da Lissa!

    Resumindo, este se tornou o meu livro FAVORITO da série... Comecei a ler ele em sábado, e fui terminar logo no domingo! Passei a noite em claro por causa da Dona Richelle! rsrsrs

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  4. Ainnn, este livro, esta série, é tudooooooo de bom! Quero logo a continuação!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Thais!
    Richelle Mead é uma das minhas escritoras favoritas! VA é uma série perfeita!
    Beijos!

    Biih
    http://hellostar.org

    ResponderExcluir
  6. NHAAAAAAAAAAAAa, nem me lembra desse livro!! *-----------* Juro que eu morro de vontade de ler de novo, só porque... porque é perfeito <3

    Spirit Bound também é muito bom, tomara que não estropiem o título D:

    E agora eu decidi que vou ler Last Sacrifice... essa semana... e já tô com frio na barriga ><" hahahahaha

    Espero que tudo fique lindo, principalmente pro Adrian, porque sinto que vou sofrer por causa dele :( QQQQ

    Beijão, Thay!! =***

    Ju
    julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  7. livro depressivo, mas DIVO.
    concordo, nota infinitaaaaa!

    ResponderExcluir
  8. Nossa...fiquei muito curiosa com esse livro...parece ser muito bom! Bjus.
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Thais!!
    Aah queria muito ler esse livro!!
    Parei no livro 3, estou louca para ler esse!
    Que bom saber que ele é muito bom *-*
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  10. Não li a resenha porque ainda não li nem o primeiro da série, mesmo tendo os tres primeiros. rs

    Não tive tempo mas como essa série é bem comentada, vou passá-la adiante para que eu a leia logo!

    Beijos
    Bia | Blog Livros e Atitudes

    #Promo: Harry Potter é pra sempre! Participe!

    ResponderExcluir
  11. Aaaii, tive que pular o post de hoje até a última frase que escreveu, pois não li o primeiro e não quero estragar a surpresa de quando for ler! Haha :)
    Mas, uaaau! Só pelo "nota infinita" o livro deve ser bom mesmo, né? Estou super curiosa! ^^



    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  12. HMMM, não li a resenha porque ainda não li o livro e pretendo ler haha :) Mas, o livro já está na minha lista! Beijos, http://doceescrita.blogspot.com xx

    ResponderExcluir
  13. Sou team Adrian e NÃO NEGOOO!! Sou apaixonada!!
    Não sei se você leu até o fim da série... mas fico feliz de que a autora tenha escrito Bloodilines para compensar VC hehe
    vc vai entender pq eu digo isso.

    Amei a resenha!
    Eu amei este livro tbm, pq foi onde conhecemos um pouco mais do AdrianLindoFofo rs

    beijinhos

    aninha | www.euleitora.com.br

    ResponderExcluir
  14. #TeamDimitri SEMPREEEEEEEE

    Tive uma queda pelo Adrian, admito, mas ele - apesar de ajudar a Rose em alguns momentos - não chega aos pés do Dimitri haha

    Realmente, nesse livro, o Adrian é o mais fofo... mas no restante, omg... quero ver a resenha de Last Sacrifice, o melhor de tooooodos!

    Carla Menezes
    @LivrosPipoca
    www.livroepipoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oiii!!

    AMO essa série de livros!!
    Li os quatro primeiros aina em ebook em antes de chegarem aqui no Brasil traduzidos! O único que ainda não li é o quinto!!! Por sinal, estou morrendo por ele!! rsrs

    Beijos
    Ann G. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Adoro essa série! Até agora só li o primeiro livro mas não vejo a hora de dar continuidade! Gosto de todos os personagens mas principalmente do Dimitri!
    Ótima resenha.
    Beijos.

    Books e Desenhos

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)