Resenha: Amante Liberto - J. R. Ward


Alerta de spoilers!
Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade... Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas, quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

Acho que dos livros de IAN que li até agora, Amante Liberto foi o mais intenso. Não me refiro às cenas de ação - até porque foram bem poucas -, mas me refiro à história do personagem principal.
Desde sempre gostei do Vishous, embora tivesse uma queda maior pelo Z., mas em Amante Liberto a história dele é levada a fundo e é impossível não se emocionar. Acredito que por não saber quase nada sobre o V. - a não ser o seu "carinho" especial pelo Butch - o leitor começa do zero em Amante Liberto. Somos apresentados pelo próprio V. à sua história, seu tempo em que passou com o pai, o descobrimento tardio de quem é sua mãe e, claro, ao seu envolvimento com Jane. Como sempre, as descobertas e novidades se encaixam facilmente na trama e, mais importante, sem falha alguma.
Prefiro não comentar sobre o passado de V. pois achei que essa parte de familiaridade foi a maior surpresa do livro. Mas vale a pena comentar a parte do romance que não foi muito diferente dos anteriores. Me fez lembrar um pouco de Amante Eterno, com algumas diferenças marcantes e que eu preciso mencionar.
Jane é humana mas tem um gênio forte, tão determinada que rapidamente se mostra o par perfeito para o querido do V.. Ela é cativante e as cenas entre ela e o Vishous são as melhores. A relação deles é incrível e, como é de esperar da autora, super bem escrito.
Além disso, nesse livro o V. se mostra puro charme, divertido, misterioso, bem humorado, romântico e de quebra, com um passado fantástico.
Outro motivo para amar o V. é que ele é um macho consciente de seus deveres - como Primaz - e do fato de ele e Jane não poderem ficar juntos. Então, mesmo vinculado, ele não fica fazendo coisas idiotas típicas de cara apaixonado. Ele tem o pé no chão, é realista e Jane também. E, ao mesmo tempo em que seu passado surpreende o leitor, também é muito doloroso. Vale lembrar que como a J. R. Ward é muito malvada, sempre chega o momento das lágrimas. E neste livro tem dois acontecimentos que são de cortar o coração de qualquer um.
Mas, como falar do V. sem mencionar o Butch? Impossível!
Butch está agora com sua fêmea mas no início do livro ainda dá para sentir a tensão da relação do V. com Butch. E, para quem gosta desses dois juntos, esperem por muitas cenas engraçadas.
Uma última coisa que eu gostaria de falar é sobre o John. É incrível acompanhar o desenvolvimento deste personagem, ainda mais neste livro. O Z. se mostrou um fofo com o John, ainda mais por terem sofrido o mesmo tipo de violência.
Bem, resumidamente, é isto. Tenho que admitir que em alguns momentos o V. se tornou o meu guerreiro favorito mas pensando racionalmente agora, não tem como comparar. O V. e o Z. são muito diferentes e gosto dos dois igualmente. Acho que as histórias deles são fantásticas, cada uma à sua maneira. Mas, apesar de tudo, o final de Amante Liberto não foi o que eu esperava. Sim, eu já sabia que a autora era maldosa - e genial - mas para aqueles que, como eu, que gostaram muito do casal Jane e Vishous, o final não foi assim tão satisfatório.
Enfim.. é isso. Leiam, leiam e leiam!!

- Rezar não vai ajudar. Tarde demais para isso, Jane. - Havia arrependimento e também um tom irônico em sua voz. -Eu dei a você a chance de fazer as coisas do seu jeito. Agora, elas serão do meu jeito.

11 comentários:

  1. Ahhhhh eu PRECISO ler essa série!
    Só Deus sabe quando vou ter tempo pra ler! =/

    Ahhhh tem meme pra você no blog!

    Beijos
    Mandinha :)
    minhasconfissoesfemininas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Thais! Já li Irmandade da Adaga Negra e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. NHAIN, nem me fale em John, porque o livro dele é perfeito e *---------------*

    ENFIM.

    Eu adorei Amante Liberto, adorei a história do V, e também achei MUITO bem bolado o passado dele :D

    Mas Thay, juro por Deus, não consigo superar a frustração do V e do Butch não ficarem juntos e jamais superarei ><" hahahaha

    Só me resta esperar que a Ward não me frustre DE NOVO com outros personagens... Ah, Deus... haha

    Também não gostei muito do final, mas né... Não se pode ter tudo nessa vida ;_; haha

    beijooo!

    Ju
    julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  4. Thay, me segurei loucamente pra não ler a resenha por conta dos spoilers...
    Pq IAN é tão viciante, hein?! rs.


    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  5. Olá Thais!
    Eu adoro essa série, mas ainda não cheguei neste livro. Confesso que a história do Vishous e a do Phury são as que mais me deixam curiosas. Mas o meu livro preferido dessa série ainda é o Amante Sombrio.
    Adorei sua resenha.

    Beijos.

    Rafa Vieira.
    http://fascinadaporhistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Bom, não vou ler a resenha por conta dos spoilers, Mas tinha que falar que me apaixonei pela série, comecei a lê-la agora e ainda estou no segundo livro, mas tou amandoooo!
    :D

    Adorei seu blog! tou seguindo!

    Beijinhos
    Lovely Read

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei este livro, sempre gostei de V. e a Jane é o par perfeito pra ele!
    Antes eu não tinha gostado do final, mas agora depois de ler os outros livros e o guia passei a gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li essa serie, mas tenho muita vontade
    E fiquei sabendo que a amiga da minha irmã tem o 1° livro *-* tenho que pegar com ela

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu parei no segundo volume da série e tenho o terceiro que é o que mais estou ansiosa pra ler já que se trata da história do Z. o personagem que mais me chamou a atenção. Mas depois dessa resenha estou bem curiosa pra saber a vida de Vishous.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Pulei a resenha porque ainda não li os livros.
    Preciso parar e ler essa série.
    bjos

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)