Resenha: Cruzando o caminho do sol - C. Addison

Sinopse: Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um... Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.
O livro começa contando a história de vida de Ahalya e Sita , duas meninas indianas que se tornaram órfãs quando um tsunami atingiu a costa leste de seu país e devastou suas vidas. O narrador conta simultaneamente a história das meninas e de um advogado americano chamado Thomas Clarke que depois de romper com sua esposa enfrenta uma crise profissional na empresa que trabalha. Ahalya e Sita são protagonistas de uma história cruel, pois sem saberem a quem pedir ajuda acabam confiando em estranhos e passam a ser escravas de uma rede internacional de criminosos. O destino de Thomas se cruza com o das meninas apartir do momento em que ele se muda para a Índia para trabalhar em uma ONG .
A capa é muito linda e logo que a vi me deu vontade de ler o livro ,mas jamais poderia imaginar que a história abordasse algo tão diferente das minhas expectativas .O tema abordado pode talvez parecer distante de nós, mas no entanto ainda é recorrente no mundo todo - O tráfico Sexual.
O autor é bem detalhista e choca o leitor com determinadas descrições , eu sofri com as personagens e torci para que no final os criminosos fossem punidos e as meninas fossem deixadas em paz. Apesar de triste, o romance nos deixa várias mensagens, assim como nos ensina a ter esperança mesmo quando é quase impossível enxergarmos uma saída e termos fé. Ainda nos alerta para o número absurdo de pessoas que ainda hoje são atraídas por criminosos que lhe prometem recompensas como comida , trabalho ou fama e acabam presas em cativeiros sendo exploradas e vendidas como objetos.

Nota da Aline: 3 de 5

Resenha escrita por Aline Ottobone Brandão
____

Pessoal, devido à meu tempo de leitura ter diminuído bastante, a Aline fará as resenhas de alguns livros e postarei tudinho aqui, ok? Ela lê livros dos mais diferentes estilos e, além do mais, as pessoas possuem opiniões e gostos diferentes. Espero que curtam as resenhas dela. Beijocas da thay.

3 comentários:

  1. Esse é um livro que eu não tenho a mínima vontade de ler. Acho que é por causa da Índia, não sou muito fã :S
    Mas é legal ele tratar sobre o tráfico sexual, é um tema que eu nunca vi por ai.

    Beijos
    Geê - almaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Confesso que o livro não é daqueles que me chama muita atenção, mas achei bastante interessante a estória... Fora que o cenário deve ser lindo, as meninas, drama e aquelas construções e fundo "por-do-sol"... Viu, estou fantasiando demais para o livro. Mas achei bem legal (:

    -- Hangoverat16.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Imaginei que seria um livor um tanto chocante. Ainda não li. Mas gosto de livros que abordam temas reais. Não conhecemos direito alguns assuntos, e ver isso em um romance, muitas vezes nos faz perceber o quanto o mundo é cruel.
    Ele tá na fila!
    Bjos Thay.

    Danni
    http://www.garotaselivros.com/

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)