Resenha: Procura-se um marido - Carina Rissi

Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.

Desde que li Perida e soube do lançamento de Procura-se um marido, fiquei louca e quase me descabelando para ler logo. Sabe por que? Porque os livros da Carina Rissi são aqueles que você sabe que não vão te decepcionar jamais. Procura-se um marido ultrapassou todas as minhas expectativas, e agora só consigo pensar na próxima vez que vou ler outro livro da Carina.
Procura-se um marido começa mostrando a relação da Alicia com seu avô Narciso. Apesar de ser toda problemática, encrenqueira, e rica, Alicia é uma pessoa boa e pode-se provar isso com toda a preocupação e amor que sente pelo avô. Porém, Narciso morre de uma hora para outra, deixando Alicia desconsolada e ainda por cima, com um testamento afirmando que ela só poderá receber toda a fortuna do avô quando Alicia estiver casada.
Mas Alicia não é do tipo que casa. Ela curte baladas, viagens, roupas caras e carros rápidos. Porém, como ela não vai se casar e nem tem como contestar o testamento, resta-lhe trabalhar na empresa do avô, com um salário que mal pode lhe sustentar e com "colegas de trabalho" insuportáveis, grossos e só sabem julgá-la. Lá, ela acaba por esbarrar várias vezes com Max – diminutivo de Maximus -, um cara atraente e estranho que ora é grosso com ela, ora é gentil e a ajuda com seus problemas. Diante deste estilo de vida inesperado, Alicia toma a decisão de colocar um anúncio no jornal para alugar um marido. O que ela não esperava era que seu colega de trabalho estava interessado na proposta do anúncio.
Ok. Confesso que pelo que descrevi já dá pra ter uma leve noção do que vai acontecer. Porém juro que o livro não é só isso. Aliás, o livro não é de todo previsível. A Carina sabe desenrolar bem a trama, e também é mestra nos detalhes, uma vez que tem muitas reviravoltas na trama.
- Uau! É a primeira vez que sou pedido em casamento. Não vai nem se ajoelhar? – zombou.
-Deixa de gracinha. Eu preciso de um marido pra ontem. Você pode me ajudar a providenciar os documentos necessários?
Ele ficou sério, de volta aos negócios.
- Vai ser só no civil ou você sonha com...
- Eu sonho em não ir pra cadeia.(...)
O livro é narrado em primeira pessoa por Alicia e diferentemente das mocinhas chatas, Alicia é uma personagem incrível e inesquecível. Ela é engraçada, divertida, sempre metida em problemas, encrenqueira, resumindo: ela é real demais. E isso faz com que o leitor se sinta super aproximado dela, ela é cativante e me conquistou logo de cara. O livro tem várias quotes incríveis e muito engraçadas, aliás, quando li perto da minha família, eles me olhavam estranho e com cara de “você é louca?”. Sério, o livro é muito engraçado e divertido e romântico e um chick-lit excelente que conquista todo leitor. Além de ser um livro leve, e super gostoso de ler.
Max é outro personagem incrível. Adorei ver o desenvolvimento deste cara todo comprometido com o trabalho. Ele se mostrou romântico, muito agradável, com uma família pra lá de engraçada - Marcus s2. Além disso ele também é todo lindo, sedutor e, sinceramente, a Alicia é uma sortuda. Sem mais.
“- Tá maluca? De jeito nenhum! Vou arrumar uma forma de me desapaixonar, isso sim. Eu não posso amar meu marido. Além de ser ridículo, vai complicar tudo quando nosso acordo terminar e ele sair da minha vida.”
Enfim, Procura-se um marido é aquele livro que você tem que ler. Devorei em pouco tempo e me senti mal de ter lido tão rápido pois logo que acabei deu vontade de começar novamente. A Carina Rissi criou personagens cativantes, soube lidar muito bem com a narrativa – assim como em seu livro anterior – e soube desenvolver o enredo genialmente. É um orgulho ver que a literatura nacional tem tantos talentos como por exemplo a própria Carina Rissi. Esperarei pelo próximo livro dela ansiosamente.
Congratulo também a Editora Verus que publicou este livro incrível da Carina. A diagramação é perfeita, a capa de tirar o fôlego, adorei que tenham se dedicado tanto à este livro nacional que conquistou e continua conquistando muitos leitores.
E, se você ainda não leu, corre logo para comprar o seu pois garanto que não irá se arrepender. Não se esqueça de voltar aqui e me dizer o que achou!



5 comentários:

  1. Oi Thais, parabéns pela resenha, parece que nada te desagradou no livro, o que é bom concorda? E tipo, percebi q esta capa segue o estilo da capa do outro livro né? bastante interessante. Não digo que seria um livro do meu agrado até porque não li, mas é bom ver a sua opinião sobre! Espero que meu comentário não tenha sido vago e enfim fica na paz de Deus querida :D

    Beijão
    Bruno Herbert.'
    www.bruno-herbert.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Poxa! Tá todo mundo falando bem demais desse livro. Eu necessito lê-lo!hahaha
    Eu ainda não li nada da Carina Rissi, apesar de "Perdida" já estar na minha lista de desejados há algum tempo, mas agora (talvez eu esteja num momento mais romântico?) estou bastante curiosa pra ler os livros dela.
    Se o mundo não acabar (heheheh), "Perdida" e "Procurase um marido" estarão na minha lista de próximas compras.

    Beijos.
    ^-^

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thais!!

    OMG!!Que resenha linda!! Muito obrigada, lindona!!
    Adorei a forma como vc apresentou a Alicia. Vc sacou ela direitinho!! ^^

    Beijoooooos

    ResponderExcluir
  4. Eu tô louca pra ler este livro!
    Vou ver se consigo ler Perdida ainda este ano. Ganhei dia desses mas ainda não consegui ler. #chorei

    Adorei tua resenha!
    A Carina é uma fofa! Os livros dela não poderiam ser diferentes!

    Beijos
    Danni
    http://www.garotaselivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Meu livro já está comprado, mas só posso ler depois do vestibular, porque vejo que vai ser um daqueles que depois que eu começo não paro mais de ler.
    Simplesmente me apaixonei pela sinopse e super confio no seu julgamento, Thay, então sinto que esse livro será mais do que bom.

    Beijos

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)