Fique Ligado #7

Oi pessoal! Primeiro gostaria de me desculpar pela falta de posts mas é que a faculdade está tomando muito tempo dos meus dias e está quase impossível ler algum livro. Mas quero que saibam que voltarei com tudo em breve, ok? Acho que é uma questão de adaptação e no momento em que eu me sentir segura de poder fazer tudo, aí faço. Mas como sou caloura e ainda estou meio perdida, acho que é melhor ficar assim, pelo menos por enquanto. Então, acho que todo mundo já sabe das novidades literárias mas, para aqueles que não estão antenados - como eu - acho que esse post vai ser bem interessante.

Estilhaça-me  - Tahereh Mafi

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.



Garota Replay - Tammy Luciano
Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também...


Sirensong - Jenna Black
Sirensong é o terceiro livro da série Faeriewalker. Neste volume, Dana é convidada a ir a Faerie para ser oficialmente apresentada à Corte Seelie. Porém, Titânia, a rainha, a quer morta. O convite não pode ser recusado e Dana, seu pai e seus amigos rumam a uma viagem cercada de perigos, ataques, ameaça e medo. Será que ela conseguirá vencer esses desafios? Uma saga surpreendente, recheada de aventuras e romance.

E também foi liberado pela Editora Universo dos livros um capítulo de Amante Libertada, nono livro da série Irmandade da adaga negra. Para conferir o capítulo, clique aqui.

Então é isso pessoal. Prometo voltar com as resenhas e tudo o mais assim que der. E, por enquanto, também não estou conseguindo retribuir os comentários dos posts anteriores mas farei logo que der. Então não deixem de comentar aqui também, ok?

Resenha: Amante Liberto - J. R. Ward


Alerta de spoilers!
Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade... Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas, quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez... Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

Acho que dos livros de IAN que li até agora, Amante Liberto foi o mais intenso. Não me refiro às cenas de ação - até porque foram bem poucas -, mas me refiro à história do personagem principal.
Desde sempre gostei do Vishous, embora tivesse uma queda maior pelo Z., mas em Amante Liberto a história dele é levada a fundo e é impossível não se emocionar. Acredito que por não saber quase nada sobre o V. - a não ser o seu "carinho" especial pelo Butch - o leitor começa do zero em Amante Liberto. Somos apresentados pelo próprio V. à sua história, seu tempo em que passou com o pai, o descobrimento tardio de quem é sua mãe e, claro, ao seu envolvimento com Jane. Como sempre, as descobertas e novidades se encaixam facilmente na trama e, mais importante, sem falha alguma.
Prefiro não comentar sobre o passado de V. pois achei que essa parte de familiaridade foi a maior surpresa do livro. Mas vale a pena comentar a parte do romance que não foi muito diferente dos anteriores. Me fez lembrar um pouco de Amante Eterno, com algumas diferenças marcantes e que eu preciso mencionar.
Jane é humana mas tem um gênio forte, tão determinada que rapidamente se mostra o par perfeito para o querido do V.. Ela é cativante e as cenas entre ela e o Vishous são as melhores. A relação deles é incrível e, como é de esperar da autora, super bem escrito.
Além disso, nesse livro o V. se mostra puro charme, divertido, misterioso, bem humorado, romântico e de quebra, com um passado fantástico.
Outro motivo para amar o V. é que ele é um macho consciente de seus deveres - como Primaz - e do fato de ele e Jane não poderem ficar juntos. Então, mesmo vinculado, ele não fica fazendo coisas idiotas típicas de cara apaixonado. Ele tem o pé no chão, é realista e Jane também. E, ao mesmo tempo em que seu passado surpreende o leitor, também é muito doloroso. Vale lembrar que como a J. R. Ward é muito malvada, sempre chega o momento das lágrimas. E neste livro tem dois acontecimentos que são de cortar o coração de qualquer um.
Mas, como falar do V. sem mencionar o Butch? Impossível!
Butch está agora com sua fêmea mas no início do livro ainda dá para sentir a tensão da relação do V. com Butch. E, para quem gosta desses dois juntos, esperem por muitas cenas engraçadas.
Uma última coisa que eu gostaria de falar é sobre o John. É incrível acompanhar o desenvolvimento deste personagem, ainda mais neste livro. O Z. se mostrou um fofo com o John, ainda mais por terem sofrido o mesmo tipo de violência.
Bem, resumidamente, é isto. Tenho que admitir que em alguns momentos o V. se tornou o meu guerreiro favorito mas pensando racionalmente agora, não tem como comparar. O V. e o Z. são muito diferentes e gosto dos dois igualmente. Acho que as histórias deles são fantásticas, cada uma à sua maneira. Mas, apesar de tudo, o final de Amante Liberto não foi o que eu esperava. Sim, eu já sabia que a autora era maldosa - e genial - mas para aqueles que, como eu, que gostaram muito do casal Jane e Vishous, o final não foi assim tão satisfatório.
Enfim.. é isso. Leiam, leiam e leiam!!

- Rezar não vai ajudar. Tarde demais para isso, Jane. - Havia arrependimento e também um tom irônico em sua voz. -Eu dei a você a chance de fazer as coisas do seu jeito. Agora, elas serão do meu jeito.

Resenha: Príncipe Sombrio - Christine Feehan

Sinopse: Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão - cárpato e humano construir um futuro juntos?

Príncipe Sombrio é um romance adulto que nos traz a vida dos Cárpatos. Com a chegada de Raven, Mikhail, o Príncipe Cárpato, se depara com a mulher de sua vida. E, assim, surge a esperança de um povo que até então estava destinado à danação eterna.
Não posso negar que foi interessante ver os vampiros retratados de forma diferente. Porém, o livro não me convenceu totalmente. Claro que a autora não introduz coisas do nada, mas ainda assim, a ideia do que seria uma companheira para o Cárpatos é meio difícil de compreender. Até porque o livro mal começa e o romance está a todo vapor.
Outra impressão que eu tive do livro é que a própria autora não conseguiu desenvolver muito bem essas criaturas chamadas Cárpatos. As habilidades e dons deles são muito confusos e a autora não explica quase nada para o leitor.
Alguns personagens em si foram melhores que outros. O casal principal não me conquistou mas, por outro lado, o misterioso Gregori deixou aquele gostinho de quero mais.
Espero que o livro do Gregori não demore muito até porque ele e o Jacques foram os únicos personagens que me agradaram.
Enfim, a ideia da autora não é nada mal mas continuo achando que ela falhou no desenvolvimento. E, embora eu esteja animada para o livro do Gregori, não posso negar que a quantidade de livros desta série que já foram publicados nos EUA me assusta muito. Mas, para aqueles que curtem romances adultos e criaturas sobrenaturais, acho que vale a pena dar uma conferida neste livro. Até porque os gostos variam de pessoa para pessoa.

(3/5)

Fique Ligado #6

Oi pessoal! Mais um post cheio de novidades para vocês ficarem ligados e, claro, prepararem os bolsos..

O circo da noite - Erin Morgenstern
Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.


Depois do primeiro beijo - Ana Carla Santos
Por ser imatura, Juliana não consegue se relacionar com os garotos. Virou piada entre as amigas que passam os dias arquitetando planos para lhe arrumar um pretendente. Conhece o senhor Hélio, um velhinho bonachão, que no intuito de tranquilizá-la, conta algumas histórias que falam de amor, encontros e almas gêmeas. As belas histórias despertam em Juliana o desejo de mudar. Apesar do medo e da insegurança ela toma a decisão de dar o seu primeiro beijo. Com a ajuda de Bia e Duda, suas melhores amigas, ela parte em uma divertidíssima caçada ao garoto ideal com direito a uma lista de possíveis pretendentes, belos lugares, eventos e atrapalhados encontros. Uma trama que envolve as delícias e desventuras de um amor puro, forte e eterno.

Delírio - Lauren Oliver
Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?


E, para quem tem interesse em ir à eventos. Seguem algumas dicas logo abaixo.







Outras novidades:


Então é isso. Basicamente um post com as novidades das últimas semanas. Espero que tenham gostado e ficarei aguardando pelos comentários de vocês, ok? xx