Resenha: Dizem por aí - Jill Mansell


Sinopse: O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno.

Sei que é errado julgar o livro pela capa, mas a verdade é que eu não me sentia atraída por este livro. Porém, me surpreendi com absolutamente tudo em Dizem por aí.
Tilly é uma personagem pra lá de engraçada, que tem problema em finalizar relacionamentos, e que resolve se mudar para uma cidade pequena para trabalhar de faz-tudo para Max. Ao longo do livro, Tilly aprende que em cidade pequena, é muito fácil ser parte dos boatos e fofocas. Quando conhece Jack Lucas, o garanhão da cidade, ela se sente muito atraída a ele porém ela não quer ser mais uma das mulheres que passam por Jack.
Achei incrível como a autora soube criar e desenvolver os personagens com tanta precisão. Não são superficiais, pelo contrário, é fácil se identificar com os personagens deste livro assim como também é fácil se apaixonar por eles. Tilly, apesar de tentar resistir às investidas de Jack, começa a explorar cada vez mais o passado dele. E, conforme mais procura, mais percebe que Jack não é aquilo que dizem e que ele é legal, atencioso e até delicado.
Como vocês bem sabem, eu amo um bom chick-lit. Adoro ver o desenvolvimento de relacionamentos amorosos entre os protagonistas, mas em Dizem por aí, Mansell foi bem além. Ela soube trabalhar muito bem todos os personagens. Tanto que os capítulos são focados em diferentes personagens. O livro não é narrado em primeira pessoa, mas a impressão que tive durante a leitura é que eu era parte da cidade. O leitor sabe, em primeira mão, as novidades da cidade; vai descobrindo o passado de Jack; e acompanha a confusão entre Stella e Erin. Fiquei muito familiarizada com os personagens e achei incrível que a autora conseguisse me fazer sentir assim, tão íntima.
Capa americana do livro.
Eu achei linda!
O livro é cheio de personagens maravilhosos, cada um com seus problemas a serem resolvidos, então é meio que impossível mencionar apenas alguns. Então, apesar de o livro ter foco em toda a cidade e nos residentes dela, a relação entre Tilly, Max, Lou, Kaye e Jack foi o que mais me chamou a atenção. Max é pai de Lou e ex-marido de Kaye, é gay, e é um personagem tão fantástico que chega a ser palpável. Adorei a relação entre esses quatro! E a parte trágica do livro também foi bem emocionante e me conquistou muito ver o desenvolvimento da relação entre a Stella e Erin. Só lendo o livro para sentir todas emoções que essas personagens passam para o leitor.
Enfim, foi uma leitura muito, mas muito agradável. Fiquei muito arrependida de não ter lido este livro antes pois valeu muito a pena. Foi uma das minhas maiores surpresas de 2012, pois eu não tinha ideia da minha reação à este livro e acabou que foi de total amor. Amei a escrita da autora, amei o desenvolvimento da trama, amei cada pequeno detalhe do livro. Dizem por aí é um chick-lit fantástico que eu recomendo a todos, até para aqueles leitores que não são muito familiarizados com o gênero. E, do fundo do coração, espero poder ler muitos outros livros da Jill Mansell.


27 comentários:

  1. Thay,
    to quase terminando esse livro! Sabe quando vc fica com dó de terminar??? É MUITOOO BOOOOM!

    To amandoooo; realmente a relação da Tilly com Lou, Max e Jack é ótima. E foi muito bem explorada.

    Amei sua resenha...

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Ah, é tão bom quando a gente se surpreende, né?
    Eu não gostei muito do outro livro dela, mas ainda tenho vontade de ler esse. Eu também amo um bom chick-lit e espero que esse me conquiste!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Eu também adorei esse livro! Delicioso e divertido ;)

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais!
    Amei a sua resenha. Eu também adoro chick-lit, mas confesso que a sinopse desse não tinha me empolgada nada. Deixei o livro de lado e até esqueci.
    Agora, vendo a sua resenha, fiquei DOIDA para ler o livro, e espero gostar tanto quanto você.

    Beijos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  5. flor, que bom que vc flou bem do livro! Pq eu tenho ele aqi em casa e tinha gastado meus creditos de parceira da nc nele hahahhaa
    Estou ansiosa pra le-lo agora :D
    Beijos e otima resenha!
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá (:
    Que bom que gostou do livro. Confesso que não tenho vontade de ler, em parte pela capa, mas não só por isso, haha; também sei que é errado julgar pela capa.
    Enfim, adorei a resenha.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Tbm foi uma ótima surpresa, não sou mto fã do gênero, mas esse foi leve e divertido ;)

    Andy_Mon Petit Poison
    POISON BOOKS - Por Um Momento Apenas (Bella Andre) j.mp/TH0Pvr

    ResponderExcluir
  8. Nossa fiquei ainda mais ansiosa para ler esse livro. Tenho "Proposta Irrecusável" aqui em casa e sou looooouca para lê-lo (foi o primeiro livro dela publicado no Brasil) e espero poder ler os dois loooogo.
    Beijos,K
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  9. Haha, também não gosto dessa capa, mas tenho muita curiosidade em relação a história. Todas as resenhas que eu li falam super bem, claro que fico mais ansiosa né?!
    Bem que a NC podia ter deixado a capa original...

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  10. Olá!!
    Também sou roxa por um chick-lit, e estou mega curiosa por esse livro. Quero ver no que dá, hehe.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  11. O livro é muito bom e engraçado, Jack é um fofo e Tilly se segura para não vacilar, mas sua vontade mesmo era esta com ele, mas TODOS que a encontram fala mal de Jack (maldade). E ele leva cada fora dela, que a gente acaba ficando com pena.

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eu também não me sentia atraída pela capa desse livro, que acho feia, mas a história é incrível. Também adorei como a autora colocou o foco em todos os personagens, e o Max foi incrível sim! Dei várias gargalhadas com ele! :D
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. na maioria das vezes que compro um livro o julgo pela capa,claro pela sinopse também,mas é o que me atrai principalmente.,tenho que parar com isso.Esse livro não é o genero preferido, mas pela sua resenha parece ser ótimo. quem sabe eu dou uma chance para ele? ahahah
    Resenha muito bem feita, meus parabéns. :)

    Beijos
    Rian Bicalho
    euelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Thaís!
    Eu já li a sinopse do livro, e agora sua resenha, mas nada nele me interessou. Nem mesmo a capa! Na verdade, até me lembro de propagandas de creme dental. :/
    Beijos,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  15. Nossa, depois da sua resenha eu olhei o livro na estante com vontade de ler!
    Como você, também não curti a capa. Essas florezinhas soltas, a moça contente... não rolou!
    Mas, pelo que você disse, parece ser tão bom! Não gosto de chick-lit, mas você mesma disse que, mesmo quem não gosta, devia tentar. Então darei uma chance ainda este mês para o livro *O*
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!
    www.nathlambert.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Já tinha lido sobre o livro e marcado na minha lista de desejados, realmente a capa não é muito atraente. Agora sua resenha me deixou com mais vontade de ler ainda e conferir todo este poço de emoções que parece ter sido tão bem traçado pela autora, parabéns pela resenha. Bjo FRAN
    http://www.misskukuty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Haha também não me senti atraída por essa capa, mas lendo a sua resenha até me deu uma vontade de ler...
    É a primeira vez que visito o seu blog e espero visitar mais vezes. ^^

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  18. Oi Thay!

    Não é a primeira resenha que enaltece o livro e fico super feliz por isso! Porque, como você disse, se julgássemos pela capa, não teria tanta repercussão, né??
    Adoro chick lit, essa é a grande verdade. A leitura é leve, a gente avança as páginas com mais vontade e ânimo (eu pelo menos sou assim).

    E fico mais contente em saber que os personagens são bem construídos, porque quando eu me deparo com um ou outro mal feito, dá nos nervos!

    Com certeza está na lista pra ser lido em 2013!

    beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi Thais.
    Eu também não me sentia atraída por esse livro por causa da capa, mas agora depois de ler a sua resenha, deu vontade de pegá-lo para ler! é ótimo quando nos surpreendemos com a leitura...Espero me surpreender também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oi, esse é um livro que eu não estava interessada...gostei que pelo menos, a sua resenha despertou a curiosidade em mim!!
    Beijinhos
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá! :)
    Eu gostei bastante da sinopse do livro e amei a capa, mas quando eu peguei o livro pra ler, murchei um pouco.
    O livro é até legal, mas eu acho que a Jill corre muito com o final do livro, sei lá. Não curti muito. Daria 3 estrelas pra ele.

    Beijos,
    Belly ~ Just a Girl

    ResponderExcluir
  22. Oi Thay, tudo bem?
    Diferente de você, chick-lit não é um gênero que leio tanto. Até agora, das experiências que tive, nenhum foi excelente. Tenho dois livros da Jill para ler e sua resenha me deixou bem animada. Pelo que você escreveu, o livro ultrapassa as características do gênero e vai além.


    Beijo!
    >> Nine
    Estante da Nine

    ResponderExcluir
  23. Ainda não li um livro desse gênero, mas gostei bastante da sua resenha!

    Segui aqui, segue lá? Tem post novo confere lá!
    Norton Almeida - http://apenas-tedio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Eu curti muito a leitura desse livro também. Como você, também amo chick-lits. Por pouco ele não entrou para a minha lista de favoritos. Foi uma leitura deliciosa mesmo.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  25. Olá, Thais! Tudo bem?
    Inicialmente, também não fiquei interessada pelo livro por conta da capa. Quando optei por dar uma chance e finalizei a leitura, fiquei procurando o motivo de eu ter demorado tanto para conhecer uma trama divertida e com personagens maravilhosos! :)
    Gostei da resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi Thay,
    Gosto muito de livros desse gênero, inclusive leio bastante.
    Mas esse ainda não li, exatamente pelo mesmo motivo que você adiou a leitura, não imaginava que seria assim.
    ?Mas depois dessa sua resenha vou adianta ele aqui na minha lista de leituras.
    Beijos
    http://marifriend.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Essa capa realmente é meio esquisita, parece de livro juvenil! A capa americana é infinitamente mais linda. Só me animei a ler depois da sua resenha, pq até então nem parar pra ler a sinopse eu tinha. rs!
    Beijinhos! Giulia
    Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)