Resenha: Postais do coração - Ella Griffin


Sinopse: Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento. Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela. Mas está difícil de alcançar finais felizes...
O livro gira em torno da vida dos casais Conor e Jess e Saffy e Greg. Ella Griffin aborda em seu livro os relacionamentos, sejam eles familiares, amorosos ou mesmo profissionais.
Devo dizer que gosto de livros assim, que abrange um número grande de personagens pois é impossível ficar monótono ou chato. Mas este livro é tão grande, mas tão grande – não no tamanho, mas na história – que, para mim, acabou ficando meio cansativo.
Postais do coração é dividido em três partes. A primeira ocupa-se de nos introduzir a vida dos dois casais, introduzir as pessoas relacionadas a eles e explicar-nos todos estes relacionamentos. Apesar de ter sido uma parte bem agradável devido as novas descobertas, acho que a autora pecou em alguns momentos pois a narrativa nem sempre mantém o mesmo ritmo. Em alguns momentos, as cenas são lentas e descritivas e em outras são rápidas. Na verdade, a trama final desta primeira parte é bem rápida e isto me incomodou um pouco.
A segunda parte e a terceira parte me agradaram bastante. Temos o desenvolvimento das ações que aconteceram na primeira parte e acho que a autora soube levar bem este desenvolvimento. Não foi nada previsível, o que eu realmente adorei.
Não tive problemas com os personagens pois nisto eu posso dizer que a Ella acertou em cheio. Os personagens tem vida própria. Vemos o desenvolvimento deles, alguns mudando devido as experiências que tem ao longo da trama, outros que você enxerga perfeitamente que não mudaram em nada. Cada um com suas características próprias.
No geral, achei a ideia da autora muito legal. Gosto de livros que abrangem várias vidas e que tudo se mostra meio que entrelaçado. Porém, em alguns momentos, ela realmente correu com os acontecimentos. É um livro cheio de reviravoltas e com muitos personagens, então, para alguns leitores, a leitura pode ser realmente cansativa. Mas ainda assim eu indico. Principalmente para aqueles leitores que gostam deste tipo de livro.


4 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Thaís! Estou ansiosa para ler Postais do Coração! Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Não tinha lido nenhuma resenha sobre o livro e não sabia o que esperar dele, não foi um livro que me chamou atenção logo de cara, mas gostei da sua resenha, e fiquei bem curiosa para ler.

    Passando rapidinho para avisar que tem meme para você no blog. Espero não importar com a indicação, escolhi blogs que eu realmente gosto, e acho que seria legal para interagir!

    Beijos! :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  3. Essa autora tem ganhado um bom destaque ultimamente, estou com esse livro aqui para ler, mas nem comecei ainda. Fiquei bem mais animada agora que li sua resenha *-*
    Já está na minha lista (gigante) de leitura o/

    beijão! (:
    http://literarioecultural.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais,
    Espero que o livro flua quando eu estiver lendo, realmente é chato quando gostamos e o livro é descritivo em demasia. Boas próximas leituras...beijokas elis

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comente! Sua opinião é muito importante:)