Resenha: Sob o céu do nunca - Veronica Rossi


Sinopse: Desde que fora forçada a viver entre os Selvagens, Ária sobreviveu a uma tempestade de Éter, quase teve o pescoço cortado por um canibal, e viu homens sendo trucidados. Mas o pior ainda estava por vir... Banida de seu lar, a cidade encapsulada de Quimera, Ária sabe que suas chances de sobrevivência no mundo além das paredes dos núcleos são ínfimas. Se os canibais não a matarem, as violentas tempestades elétricas certamente o farão. Até mesmo o ar que ela respira pode ser letal. Quando Ária se depara com Perry, o Forasteiro responsável por seu exílio, todos os seus medos são confirmados: ele é um bárbaro violento. É também sua única chance de continuar viva.
Perry é um exímio caçador, em um território impiedoso, e vê Ária como uma menina mimada e frágil – tudo o que se poderia esperar de uma Ocupante. Mas ele também precisa da ajuda dela, somente Ária tem a chave de sua redenção. Opostos em praticamente tudo, Ária e Perry precisam tolerar a existência um do outro para alcançar seus objetivos. A aliança pouco provável entre os dois acabará por forjar uma ligação que selará o destino de todos os que vivem sob o céu do nunca.
Sob o céu do Nunca é aquele tipo de distopia fantástica que encanta o leitor fã deste gênero. Com cenários diversos, Veronica Rossi nos leva à este mundo onde o Éter é inconstante e amedronta todos os sobreviventes, sejam eles Ocupantes ou Forasteiros.
Com capítulos alternados entre Aria e Peregrine, a autora expandiu a visão do leitor, para entender ambos os lados – o lado de Aria como uma Ocupante e o lado de Perry, como um Forasteiro. Isso enriqueceu muito o livro, dando-nos a chance de realmente conhecer os dois protagonistas e, claro, de ver crescer a forte ligação entre eles. E, apesar de ter romance neste livro, o romance não é o foco principal e isto me agradou muito. Adoro livros românticos mas a autora soube explorar, desenvolver bem o enredo e com isto o casal principal, sem exagerar em nada.
Aria, logo nos primeiros capítulos, passa uma sensação de garota esperta e isso me encantou logo de cara. Mas só ao longo de sua trajetória – a perda da amiga, ser abandonada pelos Ocupantes, entre outras coisas que vem a acontecer com ela – é que percebemos que ela se torna uma verdadeira heroína. Gostei muito desta personagem e em momento algum ela me deixou irritada, acho que todas as ações e todo o seu desenvolvimento foi bem verdadeiro e compreensível.
Perry, por outro lado, era uma incógnita para mim. Personagem meio descontrolado, instável, mas ainda assim muito apaixonante. É ótimo conhecer sua história e, claro, senti muita pena por tudo o que ele passou. Enquanto as experiências que Aria passa ao seu lado são todas novas, Perry já vem se virando no mundo desde sempre, sofrendo com tudo que se possa imaginar. É incrível ver o desenvolvimento de Perry ao lado de Aria, suas descobertas, seus laços se formando. Mais incrível ainda ver que ele sempre pensa nos outros, em seu povo, em sua tribo e quer fazer o melhor por eles.
Neste livro, a autora nos apresenta muitos personagens mas poucos são os que realmente brilharam para mim. Alguns ainda me deixaram curiosa para saber mais sobre suas histórias. E ainda pretendo vê-los novamente na continuação.
O final foi fantástico. Aquele tipo de final inesperado, que vem em poucas páginas e te arrasta. Parece sonho. Lindo de ver o tanto que os personagens cresceram ao longo da trama e percebe-se isso através de suas atitudes e suas ações. Ansiosa para saber o que acontecerá no próximo livro, Through the ever night que tem previsão para ser lançado aqui no Brasil ainda no segundo semestre.
Livro mais que recomendado para os fãs de distopias. Não faço comparações pois acho que cada livro de distopia tem uma abordagem diferente de mundos criados diferentes, mas garanto que vale a pena esta leitura. Sob o céu do Nunca é um livro com leitura rápida, fluida, e apaixonante. Leiam!


Lançamento: Inverno de Cinzas - Adriana Brazil



Sinopse: No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.



Para comprar o seu exemplar na pré-venda, basta acessar:  http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/4869607/inverno-de-cinzas/

#CircuitoNovoConceito: Sonhe Mais



Você saberia lidar com a partida da pessoa amada?
Esta pergunta é o tema central do livro de Jai Pausch, Sonhe mais. Muito bom, diga-se de passagem.
Sabe quem é ela? A viúva de Randy Pausch, o sujeito que tinha câncer no fígado, fez um discurso e escreveu um livro: A lição final. Sonhe mais é a versão dela, da esposa, sobre uma vida de paixão, amor e família. Mais incrível que o primeiro!
É tão provocante, mexe tanto com a gente que eu não consegui desgrudar do livro. Logo que comecei a ler tive raiva de Randy Pausch(!), o marido, fechei o exemplar e comecei a refletir. Mas aquele livro ao meu lado parece que me chamava, então iniciei a leitura novamente, de onde parei.
Três capítulos depois e eu estava com dó -- pena mesmo -- do Randy Pausch, afinal ele estava morrendo! Pensei: "acho que ele está certo, só pensando no melhor para a esposa e filhos", e continuei a ler.
Conforme Jai Pausch, a autora de Sonhe mais, escrevia e descrevia suas experiências -- que senti todas -- comecei a pensar que ela é quem estava errada, achei a mulher fria em certos momentos.
Pois fiz uma pausa e pensei novamente! Que loucura!
Mas o livro continuava a me provocar e lá fui eu, novamente, ler. Finalmente, percebi que Jai estava vulnerável, ela ia perder o marido de quem tanto gostava, mas tinha que continuar a vida, tinha que cuidar do doente e dos filhos ao mesmo tempo ( nada como uma mulher para fazer isso), e pensar no que aconteceria depois que Randy falecesse!
Como ela foi forte, como sofreu e como amou!
Na verdade, eles viveram um grande amor! E eu vivi um turbilhão de sentimentos!
Veja, já li livros intrigantes, emocionantes, mas que me provocasse sentimentos de compaixão, raiva, compreensão, amor, dó... tudo ao mesmo tempo, este foi o primeiro.



Promo: Combo de livros YA da Susane Colasanti

Oi galera! Desculpa não ter postado esses dias mas agora que está pra começar mais um semestre de faculdade, não garanto muitas atualizações aqui no blog. Mas sempre que der, postarei algo.
Então, para aqueles loucos por YA, aproveitem esta promoção em parceria com a Djenifer do blog Acidamente Sensível.



a Rafflecopter giveaway


Como participar:
- Preencher o formulário.
- Comentar nessa postagem.

Resultado:



Observações:
- O envio do livro "Esperando por você" é de responsabilidade do blog Acidamente Sensível. E o envio do livro "Bem mais perto" é responsabilidade do blog Thay Priscilla.
- O envio dos livros irá acontecer até 30 dias úteis após o resultado da promoção.
- O vencedor terá 24 horas para responder o e-mail que lhe será enviado.
- Quem não seguir as regras é desclassificado.
- Participação válida para pessoas com endereço de entrega no Brasil.
- A promoção começa hoje dia 03/03 e termina dia 03/04